Friday, October 31

To pobre e gripada.
Alguém quer vir aqui em casa hoje à noite, ficar deitado comigo, vendo filme e comendo pipoca?
Alguém, alguém?
Tvz eu tenha que sair com um amigo. Mas o que eu quero mesmo é o esquema caminha-filme-pipoca.
Olha, aqui em casa tem "A Mulher e o Atirados de Facas", "Beleza Roubada", "ET", "Deus é Brasileiro", "O Americano Tranquilo" (mas esse eu já vi e não quero ver de novo), "Com Amor, Liz", "Gloria", "A Primeira Noite de Um Homem", "Parente é Serpente" (comédia italiana ÓTEMA) e mais um outro q eu esqueci o nome e q é o que eu quero assistir.
A pipoca vc que vai ter que trazer. De microondas light, por favor.
Coca-Cola tem aqui. Chocolate tb.
Alguém, alguém?



colado por Fli - 3:06 PM




De vez em quando bate medo.

Hoje no ônibus me bateu medo-pânico-desespero. Vontade de gritar e de chorar. De fazer o que eu puder pra salvar o que pode ser salvo.

Alguma coisa me iluminou naquele ônibus. Não sei bem o que foi. Tomei uma decisão

Cheguei e escrevi. Um email. Dois emails. Três emails. Quero PAZ. Não quero mais medo-pânico-desespero.

E sabe? Eu vou até onde eu puder, o mais longe que eu puder, pra salvar as coisas importantes que podem e devem ser salvas. Porque eu sempre agi assim, não vai ser agora que vou mudar. Só espero que haja cooperação. Eu posso me fuder inteirinha mas eu vou fazer o que eu puder.

E agora eu vou escrever mais um email. Antes que meu chefe volte.



colado por Ligia Helena - 2:21 PM




Querido Diário,
Desculpa amiguinhos, mas esse post vai ser um diário do dia da Fli de ontem. Mas é pq tem assuntos mulézinha.
Acordo às 3:30 da matina. Não, eu não tava suada, eu tava literalmente pingando. Parecia q algúem tinha me colocado debaixo do chuveiro e me colocado de novo na cama enquanto eu dormia. Pesadelos no nível mais bizarro. Acordei com MUITO medo mesmo. Pq eu sonho com espíritos, sabe? E isso me dá um medo muito muito grande, pq eu não digo com 100% de certeza que foi só sonho. Enfim, acordei as 3:33 e fiquei lá, com a luz acesa, rezandinha, tantando ficar mais tranq. Por volta de 4 dormi de novo. Acordei as 5:15. Banho, fazer a cama, café da manhã, táxi no horário, rumo à rodoviária (ae, to ficando local desse lugar).
3 horas de viagem até Valença. Consegui dormir muito pouco no ônibus.
Chegando lá, eu e Vinícius (meu colega de trabalho, mas q é mais amigo q colega de trabalho), recebemos a feliz notícia de que nossa reunião irá atrasar (tava marcada pras 10:00, só aconteceu as 14:00). O que fazer nesse tempo todo? Falar falar falar.
E aí, ele puxa o papo mais lindo.
V: Fli, pq vc gosta de homem?
Eu: Pq sim. Homem é muito bom. Tem uma visão da vida diferente, q me agrada. (eu queria ter falado, pq eu adoro mão de homem, pq homem te abraça do jeito q uma mulher não consegue, pq ele te dá sensação de proteção, pq tem um jeito q ele olha pra vc, que te faz sentir a pessoa mais especial do mundo inteiro, pq do nada eles suspiram – só Deus sabe o quanto eu amo esses suspiros que não são de tédio – pq eles são coisinhas perfeitas capazes que magoar e quebrar o coração de uma mulher. Mas eu fiquei com vergonha e não falei nada disso).
Aí, ele começou.
“Pq não tem nada melhor no mundo que uma mulher entre 23 e 30 anos”. Ele tem 21. “Nessa idade as mulheres são muito mais bonitas que quando tinham 16 e tem maturidade, e são mais tranquilas. Ah, são mulheres. Não são mais meninas”. Meu ego de 24 anos foi láaaaaaaaa em cima. Não, de jeito nenhum, ele não tava chegando em mim. Era conversa de passar o tempo mesmo. E ele falou falou falou, como as mulheres mais velhas são mais legais, como mulher em si, é uma coisa especial. Pronto, já tinha feito minha manhã feliz. Ouvir um menino falando do pq ele é apaixonado pelos seres do sexo feminino é realmente MUITO bom.
Trabalhamos, resolvemos o que tínhamos que resolver e eu voltei pro Rio e ele foi pra Volta Redonda.
Ó vida. 3 horas dentro do ônibus pensando em absolutamente TUDO. Viajar sozinha de ônibus num dia nublado me deixou triiiiiiiiiiste. Pensando em lances, em possibilidades, sofrendo com histórias que não existem (e se meus filhos resolverem tomar ácido?). Pensei pensei pensei, tentei dormir e não consegui.
Cheguei no Rio as 8 da noite. Mais uma hora dentro do frescão até chegar em casa. Parecia q minha casa não chegava nunca.
Casa, que feliz. Lava o rosto, escova os dentes, não dá tempo de tomar banho e vamos para o jantar.
Imagina o meu estado de cansaço. Mas eu queria muito ir no jantar pq era na casa de dois meninos muito bacanas que eu conheci quando tinha 9 anos de idade, mas eles não moravam no Rio. Agora eles estão aqui e eu ia na casa deles com meus pais.
Ae, na boa, eles fizeram um jantar q me deixou com vergonha da minha condição de mulher. Tava tudo tão bom, tão caprichado, tão gostoso. Eu só ficava pensando “Meu Deus, dois HOMENS fizeram isso... Eu não sei nem fritar um ovo”.
E quem tinha chegado triste no Rio, ficou mega feliz com um jantar tão bom, com pessoas tão bacanas e divertidas.
Fui dormir as 2 da manhã, cansadassa, exaustassa, mas muito muito muito feliz mesmo com o meu dia completamente fora da minha rotina.



colado por Fli - 2:12 PM




a joam é chic e também tem velox. e enquanto ela trabalha eu fico aqui coçando!

;)



colado por grace - 10:21 AM



Thursday, October 30

Às vezes eu esqueço quanto me faz bem dirigir. Quando o trânsito está livre, ou quando pego uma estrada, e tá lá a estrada livre, e eu enfio o pé no acelerador e vejo o ponteirinho subir, subir, chegar no topo e ir caindo pra direita... mas não muito, porque meu carro é 1.0 e o ponteiro nunca cai muito pra direita.

E aí eu aumento o volume do rádio, e tem músicas que dizem muito pra mim, então eu abro os braços quando o carro pega aquela retona, e grito a letra, canto, canto, grito até sairem lágrimas dos meus olhos, e aí eu olho no retrovisor e rio, rio porque chorei porque cantei.

Hoje foi Rise and Shine, e cada vez mais Cardigans vai componto a trilha sonora da minha vida

I want to see the wounded moon
I want the sea to break through
I want it all to be gone tomorrow
So I've come to say goodbye... to say goodbyeeeeeeee

See the waves go down
See the moon alone
See the world unshoooooooooooooooown
I raise my head and whisper

Riiiiiiiiise and shiiiiiiiine
Rise and shine my sisteeeeeer


Mas mais do que dirigir, caminhar me faz bem (po, eu sou irmã dele, lembram?). E tem dias em que eu tenho que trabalhar na rua, e tem dias em que a rua chama, o céu nublado chama, o vento. E é andando à pé que eu penso mais na vida. Nos meus problemas. Que eu falo sozinha, baixinho, que eu crio diálogos que nunca vão se concretizar. Em dias confusos eu necessito andar. Nem que por causa disso eu me atrase para meus compromissos ou passe dois dias com dor nos pés e nas pernas (não é fácil andar de plataforma pelas calçadas mal cuidadas de São Paulo).

Parada eu não sou nada, cheguei a essa conclusão.


The night she died in the rented room
As the whole town was sleeping
She held her breath like a star in bloom
Could burn down tomorrow



colado por Ligia Helena - 11:24 PM




então é isso!
daqui a dez minutos eu me encontro com as froquete!!! ;o)



colado por grace - 8:48 PM




Vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar vontade de gritar

Mas não pode gritar.

Então eu escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo escrevo.

Sinto nojo, sinto raiva, sinto pena. E converso, e aí passa, mas depois vem tudo de novo. Ou converso e fica mais forte e não passa. Tanta gente me entende. Tanta gente entende como eu me sinto. Tanta gente não pode e não consegue me ajudar.

Tá tudo tão entalado :~

Me odeio, odeio aos outros, me odeio por odiar aos outros, num ciclo que não tem mais fim.

Papai é chique: "você está desmotivada"
Eu sou grosseira: "tou de saco cheio, pai, de saco cheio."

Já que eu não posso ir embora, acho que vou tirar férias de mim.




colado por Ligia Helena - 4:45 PM




TODO MUNDO PENSA QUE ELE É VIADO.

Em São Paulo, em Juiz de Fora, até em Nova York.

MAS ELE NÃO É.


(pronto, falei)



colado por bressan - 2:31 PM




A minha mãe sempre me ensinou a ser organizada e responsável com as minhas coisas, porque apesar do meu irmão mais velho não dar exemplo, "ele é homem e a caprichosa tem que ser eu" (sim, a minha mãe é a pessoa mais machista que eu conheço). Eu sempre tive muito zelo (ui, compus!) com meus brinquedos e demais pertences. Mas uma coisa diferente é saber organizá-los. Eu sou MUITO relaxada com arrumação. O meu quarto é uma ZONA. E eu não tô nem aí, eu me sinto até melhor com DIVERSOS pares de sapato pelo chão, roupas nas cadeiras, cd's pela janela, um rádio em cima da televisão e uma PRANCHA atrás. Se eu tivesse a mínima noção, eu arrumaria isso. Mas eu não sou uma boa mo_Cinha.
Só pra se ter uma idéia, do lado do computador, num espaço equivalente ao tamanho da tela do monitor, tem uma garrafa Telemar 104 ¬¬, canetas, colher, tesoura, papéis, pinça, Trident, moedas, boletos do curso que eu abandonei, meu casal de sapinhos-chaveiros, um celular e dois carregadores de bateria. Noção? O que é isso?

Eu ia comprar um porta-treco pra dar uma ajudinha nas coisinhas espalhadas, mas não vai dar vasão. Então, acho conveniente CHAMAR o meu QUARTO de porta-treco.

Post inútil.



colado por Marcia Soares - 3:27 AM




FASES

Esta idéia não é minha, é do meu GENIAL amigo Shade, que já escreveu sobre isso no blog dele há algum tempo, sem dúvida muito melhor do que eu jamais escreveria.

Mas como o Shade não é floquete, eu vou tentar passar a idéia pra vocês.


Você finalmente ficou com a pessoa pretendida. Depois de algumas ficadas reincidentes, vocês entram na FASE DAS VERDADES.

A fase das verdades é a fase das confissões. Das estratégias de aproximação, do que cada um pensou quando se conheceram, da primeira vez em que repararam um no outro, enfim, das percepções do período pré-ficada.

Aí vem a FASE PRÉ. Pré-sexo. Período entre o começo dos lances compostos e o sexo propriamente dito. Há toda uma tensão no ar, tudo remete à iminência do ato.

A Fase Pré é seguida da FASE PÓS, Pós-sexo. O clima é mais relaxado, mais íntimo, à vontade. As brincadeiras ficam mais ousadas.

Todas as fases são uma delícia, vocês só entram nas fases se uma ficância foi estabelecida. E se vocês estabeleceram ficância é porque vale a pena e é gostoso estar junto.

Eu ia discorrer sobre as fases pré e pós-rompimento. Mas não quero afastar o clima bom que as três primeiras fases trazem. Deixa pra outro dia.



colado por Rach - 1:52 AM





Pensamentos e percepções que eu PRECISO dividir:

* A PROVA de que eu sou uma pessoa CAFONA é que eu cantarolo a versão do Simply Red de You Make Me Feel Brand New TODA vez que ela é tocada na novela das oito;

* Tanta Scania desgovernada por aí e nenhuma acerta o RONALDO ESPER;

* Se você tem vinte anos e quer parecer ter trinta utilizando apenas um corte de cabelo, faça como a Wanessa Camargo fez com aquela FRANJA do inferno;

* Na verdade, o PROBLEMA está em mim, que NÃO devia assistir à novela das oito, nem o programa do Leão, nem os programas vespertinos de fofoca.



colado por Rach - 1:31 AM



Wednesday, October 29




Eu confesso.
Sou A MAIS preguiçosa.

Enquanto eu fujo você inventou
Qualquer desculpa pra gente ficar
E assim a gente não sai
Que esse sofá tá bom demais!
Deixa o verão pra mais tarde.....



colado por bressan - 7:16 PM




It's good to know that you are home for Christmas....




colado por bressan - 5:50 PM




Não estou fazendo nada da vida. Deveria estar comprando frutas e legumes e verduras. Mas não estou. Essa semana a dona de casa que mora dentro de mim foi viajar.
Então lá vai mais listinha

Cd's tão bons, mas tão bons, q eu quase nunca escuto. (Pra não gastar)
1 - Homogenic - Bjork
2 - Welcome to The Cruel World - Ben Harper
3 - Abbey Road - Beatles
4 - Automatic For The People - REM
5 - The Dark Side of The Moon - Pink Floyd

Estes são cds perfeitos (pra mim, é claro). Sei lá, é meio sagrado, não pode ouvir o tempo todo, senão perde o valor.



colado por Fli - 3:58 PM




O GRITO DE INDEPENDÊNCIA

Ninguém precisa ser escravo de salão. Não, eu não estou pregando uma revolução contra os cuidados de beleza. A palavra de ordem é: FAÇA VOCÊ MESMA!

Eu faço tudo em casa: unhas dos pés e das mãos, escova e tintura no cabelo, sobrancelha. Só não corto o cabelo, por enquanto!



A grana que você economiza não pagando por estes serviços é considerável. Mais a comodidade de não precisar marcar hora, deslocar-se, esperar.

Quando você começa a se cuidar sozinha o resultado não fica aquela maravilha, é verdade. A unha não fica perfeita, a escova demora três horas. Mas eu GARANTO: questão de prática, como tudo na vida. Com o tempo você vai atingir uma excelência técnica.



Aí, quando você menos esperar, já não trocará mais os SEUS serviços pelos de uma profissional. E vai até brincar de fazer ROUPA!

Muito PUNK isso.



colado por Rach - 3:58 PM




Entrei na onda da Fli e agora estou compondo músicas.

A primeira eu compus hoje, chama-se "Maldito Timing Escroto da Vida" e fala sobre uma menina que se apaixona por um cara que pega todos os dias o mesmo ônibus que ela, mas ele tem 85 anos, ela tem 19, ela cede o lugar dela pra ele sentar todos os dias e tal.

Depois publico a letra.



colado por Ligia Helena - 1:44 PM




Po, perdi Cidade dos Homens!
Queria muito ter visto. Este é o único programa da tv aberta q eu gosto de verdade.
E queria ter visto especilamente o de ontem pq eu vi a gravação. Do-ro-ga...
Mas a vida continua. E mummy me ensina que não devemos julgar os outros, que é preciso aprender a conviver com a diferença. Eu tento mummy, eu tento...

Arrumei um novo parceiro pra ver televisão: Liô.
"Fli, liga no multishow. Olha a miniatura do Tony Bennet".
hahahahahahahahahahahahahahaha
Só tosqueira com comentários via icq!
Pq somos nerd mas somos felizes, rindo das merdas que passam na tv.

Eu estou branca demás. bizarro, não há nem sombra de marca de biquini no meu corpo. Quero ficar boa da gripe pra poder ir à praia. Quem lê até pensa q sou rata de praia... Nada. Vou as 8 da madrugada, com guarda-sol e protetor solar 40, levo minha garrafa d'água, meu "Notas de um Velho Safado", e as 9:30/10:00 já estou voltando.

No, not again. Achei q tivesse ficado boa das cãibras. Mas hoje tive uma no meio da rua. Come banana... Eu como banana todo dia. Às vezes 2 vezes ao dia. Saco!

Ae, esse post foi só pra não perder o hábito de escrever coisas que não interessam à ninguém.



colado por Fli - 12:09 PM



Tuesday, October 28

Ano passado, logo que eu conheci a Fê e a Fli, eu lembro da Fê ter dito um negócio pra Fli que me marcou. Não lembro qual a circustância, nem se eu ouvi a conversa, ou se foi a Fli que me disse "ah, a Fê me disse isso" ou se a Fê que falou "ah, eu disse isso pra Fli". Ou se li nos comments do Massaro. Não lembro.

Mas lembro que o que a Fê disse me marcou. Era relacionado ao fato de a Fli se questionar, e os questionamentos a deixarem confusa e tal. E a Fê dizia que isso era uma coisa boa, que era saudável que ela se questionasse, que quem não se questionava era aquele tipo de gente alienada, que vive num mundo de sonhos que não existe. Que era normal confusão e sofrimento, simplesmente porque a Fli PENSAVA, refletia, questionava, não era acéfala.

Eu naquela época não questionava. Lembro que me incomodou um pouquinho ouvir aquilo, porque eu vivia no meu mundinho particular, achando que era ou muita sorte ou muito traquejo meu pra lidar com situações o fato de eu não sofrer, não confundir, não questionar... quase não pensar.

Nos últimos tempos entrei nesse turbilhão de sentimentos, sensações e pensamentos que me obrigaram a sair da calmaria e enfrentar a tempestade. E dói? Claro que dói. "A gente morre um pouco em cada poço", como diz o Caio Fernando Abreu. Mas até quando que eu ia ficar naquela bolha, naquela vida de faz de conta, sem pensar, sem revisar meus valores, meus conceitos, sem saber das coisas, tapando os olhos, os ouvidos?

Entrar em contato consigo mesma DÓI. Dói fisicamente. Mas deve fazer bem, no final. Tipo injeção, tipo vacina. Tomara.



colado por Ligia Helena - 6:42 PM




Então a guria, no banheiro, começa a chorar e gritar: "não quero que minha filha ache que eu sou uma loser"

Só que a guria não tem filha. E nem é uma loser.

Surto. Chamem o hospício.



colado por Ligia Helena - 4:19 PM




*Crianças, não tentem isso em casa*

Queria saber de onde eu tirei a idéia infeliz de tentar desencravar minha unha do dedão do pé com um estilete...

Sim, arranquei um pedaço do dedo.

Sim, eu sou sem loção.



colado por bressan - 4:04 AM




Triste. Ou com raiva. Ou ansiosa.

Bololô no estômago, mãos suando, tremendo.

Andando de lá pra cá, preocupada, cabeça a mil.

Uou, uma panela de brigadeiro. Ou uma cesta de pães!

E aí a gente come, come, come, come... come... come... pra se confortar.

Pergunta se a tristeza, ou a ansiedade, ou a raiva ou a preocupação vão embora... NUNCA.

Mas os quilos a mais não falham.



colado por Ligia Helena - 2:35 AM





O guarda-roupa BÁSICO de um homem deve conter:

* camiseta branca lisa;
* camiseta preta lisa;
* calça preta;
* calça jeans;
* camisa preta;
* camisa branca;
* terno;
* bermuda cargo;
* tricô;
* tênis;
* sapato social;
* cueca branca;
* casaco preto.

O resto depende do estilo de cada um.



colado por Rach - 1:39 AM




Eu ia postar o único registro do meu cabelo liso nesse fim de semana, mas nem dá pra ver nada. Então posto essa aqui.



colado por Hayuka - 12:30 AM



Monday, October 27

Sabe uma coisa q eu acho ridícula? Não precisar ler legenda de filmes em inglês (a não ser q seja com aquele sotaque treeeeeeeeevas da escócia ou da irlanda), e precisar ler TUDO se o filme for italiano. Primeiro pq italiano é muito mais parecido com português q inglês. E segundo pq o país me deu a porra da cidadania e eu nem me dignei a aprender a língua deles. Sério mesmo, acho o maior descaso da minha parte.
Em italiano eu só sei falar: "eu sou uma menina brasileira", "eu preciso falar com a minha mãe (ou com meu pai)" e "eu me chamo fli". ah, e oi, tchau, bom dia, boa noite, vai se foder... essas coisinhas básicas.

LALALALAAAAAAAAAA preciso de dinheiros.

Mãaaaaaaaaae, olha só o olho dela.
É lente.
Sim, eu sou monga. Sim, eu estou me divertindo.
E sim, eu tb acho q fica bonito.

American Idol!!!!! Sony, segunda feira, nove da noite. Não percam. É maravilhoso. Ainda mais se vc assistir com o Liô.

E por hoje é só.

Mentira. Lembrei de mais um assunto. Eu tenho pensado muito na vida. Dã, novidade. Mas dessa vez eu tenho pensado com tranquilidade, não é mais aquele esquema de cabeça girando a mil por hora, pára peloamordeDeus senão vai explodir. Não não, é na paz mesmo. Então, eu tenho pensado muito na gentileza. Pq as pessoas estão perdendo a gentileza? Ser gentil não é ser afetado, é se preocupar um pouco mais com o outro. Fazer um elogio, tratar bem, sei lá. Presta atenção em como é raro as pessoas se elogiarem. Especialmente se elas não têm uma mega-intimidade. Porra, o mundo já está tão ruim, tantas coisas trevas por aí, se a gente não prestar atenção, vai ficando cada vez pior. Cada vez mais embrutecido. Morro de medo. Então é isso, como disse o Profeta "gentileza gera gentileza". Façamos um esforço, sim?

Agora acabou. De verdade.



colado por Fli - 10:15 PM




Hum, estou sentindo como se eu fosse sempre a última a saber das coisas.

Mas quer saber?

Nem estou triste com isso. Não mais.

--------------------------------------------------------------------

Após o finde frenético, a casa agora reina em paz. Sem morcegos, abóboras e fantasmas.
Confesso que estou um caco. Foram 3 porres, duas faxinas, dois almoços pra batalhão, uma importação de Sampa, duas madrugadas de Master, blond ambition, parquinho com os amigos... e pouquíssimas horas de sono. Foi pânqui. Mas foi fera.

Recados:

- Palto, vc esqueceu sua camisa do Star Wars aqui.

- Lu, seu case também ficou.

- Alguem está com o meu cd do White Stripes?

- Eu sou exibida mesmo, e daí?

- Li, que bom que você veio.







colado por bressan - 9:27 PM




Adoro a minha casa cheia de gente.

Adoro preparar lasanha pra sete pessoas

Adoro fazer mutirão de limpeza no dia seguinte

Adoro aquela chapação no sofá (porque agora não tem mais o colchão do Lu pra botar na sala)

Adoro até quando as pessoas vêm na minha casa só pra usar a Internet, sem me dar a menor bola.

Adoro ter que lavar 437 toalhas no dia seguinte

Adoro chorar no ombro de um amigo, completamente bêbada, dizendo coisas desconexas, das quais eu não lembraria no dia seguinte.

Adoro uísque. Beber uísque com o Palto, então...

Adoro pessoas que entram no clima e inventam fantasias

Adoro colocar a mão no peito e cantar o hino nacional

Adoro perder coisas pela casa

Adoro quando as pessoas me dizem: “não foi culpa sua”

Adoro cantar Beatles no meio da festa, errando toda a letra por motivos etílicos.

Adoro rir da minha cara ao lembrar que eu botei aquele cd pra tocar. Sem loção.

Adoro fazer surpresas.



colado por bressan - 5:38 PM



Sunday, October 26

Ah, só pra dizer q weezer é foda!



colado por Fli - 8:02 PM




Eu não posso ver um filme que fale sobre felicidade sem chorar. Impressionante como esse assunto me emociona. Ontem foi "O Último Beijo". To lá, tranquilona, me amarrando no filme (recomendo fortemente) quando o cara vira e manda: "será q isso q eu estou sentido é o que as pessoas chamam de felicidade?". Cara, instantâneo, os olhos cheeeeeeeeios de lágrima.
O Tolstoi diz que a felicidade é chata, pq todas as felicidades são iguais. Que as tristezas é q são interessantes, pq cada um tem a sua. Eu não concordo não. Felicidade, cada um tem a sua tb. Cada um enxerga onde quer. Ou onde consegue. Não sei.

E aí, Fli, já sabe o que vc quer fazer da vida? Eu sempre soube. Mas tinha me esquecido. Só que a vida é estranha, e te dá uns presentes de vez em quando. Te lembra de coisas que vc jamais conseguiria lembrar sozinho. Mas na boa, to MORRENDO de medo. Muito medo mesmo. Mas vamo lá, respira fundo e corre atrás.

E depois das calcinhas colorias, das meias coloridas... sutiãs coloridos. Quero muitos. De todas as cores. Me dê cores na vida e me faça feliz.

I should have no feelings
'Cause feeling is pain

Ae, mó mentira. A ausência de sentimento é a PIOR coisa do mundo. Só quem já teve sabe o quanto é desesperador. Não deseje nunca esse estado de não-sentimento. Pq quando vc sangra, pelo menos vc sabe q está vivo.

É isso.
Boa semana para vcs



colado por Fli - 7:58 PM




Vocês podem notar que meus posts agora são matinais; eu não durmo mais. Nove e quinze da manhã, a loser chega em casa e vai flogar/blogar. Mas eu vim aqui só pra fazer uma coisa:

AAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!

Porque eu não agüento mais a falta de respeito, a indiferença, a pretensão e a semnoçãozice das pessoas; elas não respeitam minha pureza.

Sim, este post é floquético. Até porque eu vou ali tirar um cochilo pra mais tarde EXIGIR um Encontro Floquético.

Grata.



colado por Marcia Soares - 9:16 AM



Saturday, October 25

6:14 a.m. - casa da juia.

A Rach vai usar um dilatador 15.



colado por Marcia Soares - 6:13 AM



Friday, October 24

post surto. porque agora eu sou uma pessoa que convive com a fli.

sabe,

estar fora de casa está me ajudando.

está me ajudando a organizar algumas coisas dentro da minha cabeça.
organizar alguns sentimentos, formar algumas opiniões.

tô conseguindo mexer em coisinhas que estavam fechadinhas dentro de um vidrinho, colocar pra fora, reavaliar...

não sei se isso vai ser bom ou ruim. pelos primeiros resultados ainda não consigo avaliar... tive alguns resultados muito bons e outros meio ruins.


vamos esperar pra ver os resultados como um todo, tá?




colado por Miss Celânea - 4:53 PM




Não, vcs não vão se livrar de mim.

Estou bolada. Pq, Fli? Pq o mundo dá volta.
Tudo bem, eu sei que foi galhofa, mas não descarto a possibilidade de ter sido um "jogar verde pra colher maduro". Não, não descarto meeeeeeeesmo. Digamos que seja 80% de chance de ter sido galhofa e 20% de chance de verde.
E tinha esse menino que eu não ia com a cara. Do nada. E tb do nada a gente passou a se falar e se gostar mais. E tb do nada a gente ficou. E do nada a gente ficou de novo. E do nada ele volta e meia me liga pra conversar, pra saber o que eu vou fazer.
E hj, a criatura vira pra mim e manda "com vc".
Hein?
Fli: Eu to percebendo que nego tá cansado de putaria.
Ele: Eu tb to nessa. Mas pra ter um relacionamento não pode ser com qq uma.
Fli: Ah, claro. Mas com quem vc quer?
Ele: Com vc.
Fli manda um gesto obceno (q se vc é meu amigo, sabe q é a minha forma de dizer "eu te amo, mas não enche").
Ele: É sério, eu não to brincando.
Mais um gesto obceno.

Das duas uma: ou é verdade ou a gente é muito amigo a ponto de galhofar com esses lances.
Mas uma coisa é certa: relações mudam com o tempo. Pra melhor e pra pior. Mas sempre mudam. Graças a Deus.



colado por Fli - 1:57 AM



Thursday, October 23

Eu canto quando
a) estou triste
b) estou feliz
c) estou distraida

O problema é que eu só canto que nem gente quando é a terceira opção. Quando eu to triste ou feliz, eu fico competindo/fazendo backing/inventando uma meneira melhor de cantar com o cantor ou cantora do cd que tá tocando. Tenho pena dos meus pais, tenho pena dos meus vizinhos.
Enfim, como vcs podem perceber, hoje eu estou FE-LIZ então foi pulmão pra que te quero.
Aí eu tava pensando, qual será a minha versão mais irritante:
Bjork? I daaaaaaaaaare you to te-ei-ke me on I da-a-a-a-re you...
Cibo Matto? Why don't we siiiiiiiiiiiiiiiing a song...
Nina Simone? Then I'll si-ing 'cause i know, i knooooooow how it feels to be free
Cake? ... a short skirt and a looooooooooo-ooooooooong jacket
E isso pq minha fase Prince já passou... Pq essa era fueda.



colado por Fli - 8:18 PM




Eu queria mandar um beijo pro cara que inventou o brigadeiro!

TE AMO, cara, seja lá quem for você.



colado por Ligia Helena - 6:30 PM




Happy happy joy joy
Happy happy joy joy
Happy happy joy joy joy

Happeeeeeee I'm feeling so happeeeeee

Deixa eu brincar de ser feliz. Deixa eu pintar o meu nariz




colado por Fli - 5:22 PM




Como é q vc saiu de casa tão atrasada? Pergunta popi, ao se deparar com uma Avenida Atlântica entupida de carros. Parados, é claro. Cara de nhé e olhos cheios d'água. Putaquepariu. Era só oq me faltava. Bom Deus, por favor... Vamos pela Nossa Senhora. Merda, não deveria ter secado o cabelo. "Se eu fosse andando, chegaria mais rápido." Que isso, pai? Claro que não. Mas no fundo, não poderia garantir não...
11 e quinze. Vai lá. Boa sorte.
Correeeeeeeeee Fli. Onde é mesmo? Correeeeeeeee Fli. Porra, pra que lado é essa bosta? Ei, garoto, pronde fica o Pedro Calmon? É ali.
Ufa. E aí, já rolou muita coisa? Não, ele começou a falar agora.
Juramento. Fiquem de pé.
Prometo no exercício da profissão que me confere o diploma de bacharel, cumprir os sagrados deveres inerentes ao meu grau, tendo em vista os interesses que me forem confiados, mas subordinando-os aos preceitos da ética e dos ensinamentos da ciência, para o bem do Brasil e da humanidade.
Sra. Fli.
Uhuuuuuuuuu eeeeeeeeeeeeee aeeeeeeee Flavinha
(é, eu tive torcida).
Assinatura toda troncha. Eu tarra nervosa.
E eu os declaro bachareis.
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
Sim, eu gritei no corredor. Eu gritei, dancei, cantei. Eu bebi cerveja. Eu tchururu.
Tchururu demás. Toda errada. Tchururu até o fundo da alma. Bizarro. Tenho q me lembrar q não sou mais a jovem q costumava ser.
Dormir. Acordar. Comer comer comer.
Pq EU ME FORMEEEEEEEEEEEEEEEEI! CARALEO, EU ME FORMEI! EU TO MUUUUUUITO FELIZ!



colado por Fli - 5:21 PM




DIVULGANDO.

Já que a Juia divulgou a Teoria Pedestáltica aí embaixo (e eu já pus o link na barrinha da direita), me dou o direito de divulgar lances também.

POVO DO RIO. Nessa sexta feira, às 20h, o escritor João Paulo Cuenca, que, como qualquer pessoa inteligente e antenada, é leitor do Floc (hahahaha, pior qe eu não tou brincando.), lançará seu primeiro livro, Corpo Presente. Como eu sei que bastante gente aqui, tanto floquetes como leitores, conhece o JP, acho que vale o lembrete. Compareçam. Vai ser legal. Não esqueçam de dar os parabéns para o moço, que vai estar encolhido e apavorado atrás de uma mesa, no fundo da livraria. Lá vai o serviço:

LANÇAMENTO DO LIVRO CORPO PRESENTE
de João Paulo Cuenca
24 de outubro de 2003, sexta feira, às 20h
Livraria da Travessa
Rua Visconde de Pirajá, 572, Ipanema.

Vão lá e dêem os parabéns por mim, por favor :)



colado por Ligia Helena - 1:49 PM




A Leejah já falou, mas eu repito:

NÃO DEIXEM DE LER. É fera demais.





E baixem as músicas!

Grata pela atenção.



colado por bressan - 4:16 AM




Último post da noite, eu juro:

Como é um SACO deixar o cabelo crescer, heim.

Eu tava adorando o meu cabelo curto, é a melhor coisa no verão. Saía do banho, penteava com os dedos e tava ótimo. Não havia bad-hair-day. Nem ponta-dupla. Só que eu olhava pra fotos antigas, via aquele cabelããão e batia uma saudade.... Mas a praticidade e o calor infernal dessa cidade falavam mais alto, e pô, até que eu ficava bunitinha de cabelo curtinho.

Até que eu decidi deixar crescer novamente. Minha mãe enchia o saco, dizia que eu ficava muito "molequinho" e eu também já tava com vontade. PUTAQUEOPARIU, que saco. A fase intermediária é a pior. Não há corte NO MUNDO que faça um cabelo "crescente" perder a cara de cabelo "crescente" (né, Cinha? Hahahah). Ainda bem que, no meu caso, essa fase já ficou pra trás. Mas ainda estou penando; meu cabelo já passou do ombro. E eu sei, sempre soube, nesses meus 23 anos de existência, que meu cabelo fica RIDÍCULO quando "passa-do-ombro" e não está comprido o suficiente pra ter um caimento legal. É um fenomeno individual, eu sei, mas talvez aconteça com mais gente, sei lá... quero dividir a minha dor! Talvez seja o formato dos meus ombros, ou a quantidade/consistência/caimento da juba. Ou as pontas maltratadas, que acabam repousando de maneira indesejável... whatever, só sei que fica escroto pra caralho. Tem dias que eu fico louca pra passar a tesoura e cortar joãozinho, mas estou me segurando... pelo menos enquanto o tempo não estiver tão quente, acho que vou conseguir.

Torçam por mim, amiguinhos.



colado por bressan - 3:58 AM




Praticamente uma tragédia menstrual.

Comprei um pacote de absorventes que veio com TODOS os higie-packs defeituosos.



Klô, menina sábia, conseguiu me convencer a ligar pra lá reclamando. Ela jura que eu ganharei uma montanha de absorventes de presente do fabricante, pra "reparar o erro".



colado por bressan - 3:27 AM





Quase três da madrugada, batendo-papo no icq, como de costume, meu amigo LP manda esta mensagem:

LP (2:39 AM) :
ah rach, um comentário:
se um dia vc pensar em deixar o cabelo grandão, e pintar de loiro, vai ficar gata.


PROVA de que todos os homens, na verdade, são LOUCOS pelo estilo LOURAÇA BELZEBU KATIA FLAVIA de ser.



colado por Rach - 2:53 AM




A Histórias dos Óculos Fashion

Voltando pra casa sem compromisso passei de frente a um camelot de óculos-faschion-da-moda-genérico. Coloquei um no rosto, ficou até bacaninha... e o cara "25 reau", não brigada... "20", não não, valeu... e eu realmente não queria os óculos.. saí andando... o cara veio atrás de mim "QUINZEEE!" não moço, grata... e falando baixinho "é DOZE, mas se alguém te perguntar foi QUINZE".

- tá bem! (tujura?!)



colado por grace - 2:51 AM



Wednesday, October 22

To tensaaaaaaa.
Foda-seeeeeeee.

Quero que o tempo passe, que o tempo passe passe todo mundo está querendo. (lembra da musiquinha do comercial do passatempo?) Quero que chegue logo amanhã. E de amanhã eu quero pular direto pro sábado.

Ah, q ansiedadezinha que tá me matando...
Preciso sair de casa. Preciso arrumar minha unha.
Preciso de endorfina na veia.

Eu não consigo parar de balançar meu pé. E olha q eu não tenho essa mania insuportável.

Preciso sair pra dançar. E beber. Alguém se habilita?

Vamos ver se weezer melhora o meu estado...

Surtooooooooooooo.
I'm tired of having sex. So thin. I don't know who I am...
OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOHHHHHHHHHHHH
Ashamed of what i say
I'm sorry...

Tá melhorando.



colado por Fli - 9:28 PM





TPM

Eu deveria me entregar para pesquisa devido ao grande acúmulo de sintomas e ocorrências típicas da tensão pré-menstrual:

* Peitos doloridos, sensíveis só de encostar;
* Dor nas costas, muita, na região lombar;
* Dor nas pernas, que parecem pesar duas toneladas, cada uma;
* Dor de cabeça, enxaqueca;
* Mau humor, paciência zero;
* Sensibilidade exacerbada, capaz de chorar vendo novela;
* Cólica, ainda discreta, mas presente;
* Inchaço no corpo todo, especialmente na barriga, que vira uma grande pança.

Aí ela chega trazendo junto as ocorrências típicas do período pós-menstrual:

* Cólica, muita cólica, a ponto de pensar em não ter filhos, pra quê útero?
* A menstruação em si e todo o desconforto que ela envolve;
* Vontade de fazer nada, ficar em casa deitada curando a dor nas costas e nas pernas;
* Carregar todos os acessórios menstruais na bolsa;
* Ficar interditada para os lances compostos, a pior conseqüência de todas.


Nunca perdi a impressão de que menstruação é uma grande sacanagem com as mulheres.



colado por Rach - 8:26 PM




Eu tb quero um fotolog.
Pra colocar uma foto minha com a língua pra fora.
Pra colocar uma foto minha beijando um amigo.
Pra colocar uma foto minha fazendo cara de tédio.
Pra colocar uma foto minha lambendo o rosto de alguém.



colado por Fli - 8:05 PM




Maldita referência.
Maldito menino lindo que mudou minha vida pra sempre.
Maldita escada q eu resolvi descer numa tarde de dezembro.

AAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHH preciso de uma referência nova. Pq tudo acaba me levando sempre a ele? Pq eu só reconheço isso? Pq era bom. Era maravilhosamente bom.
Mas eu preciso de um maravilhosamente bom diferente, sim? Não aguento mais. Sempre a maldita referência láaaaaaaaa no fundo.
Fli, sua mal agradecida!
Sou nada. Só não quero mais ficar vulnerável pra caraleo toda vez que reconheço traços da maldita (bendita) referência.



colado por Fli - 5:04 PM




Confissão

Após ANOS de calmaria, de cabeça no lugar, de saber exatamente o que fazer e sentir dia após dia, de pensar ser a pessoa mais racional do mundo, a ponto de proferir frases do tipo "só é triste quem queeeer! Só tem problema quem queeeer! Vou te ensinar a viver uma vida simples e sem problemas!" eu confesso que surtei e já não sei mais de mim não.

Não, eu não estou mal. Eu só estou confusa. E é normal ser confusa, todo mundo sempre foi, eu que era esquisita por não ser. Por ser "centrada", como diz a Maju. Mas hein. Saí do centro. desequilibrei.

Surto? Talvez. Vou voltar ao equilíbrio esquisito de antes? SEI LÁ! Eu mal sei como é que vou me sentir na próxima meia hora. Ainda estou aprendendo a lidar com isso. Há ANOS que eu não ficava confusa. Nem lembrava que era tão complicado.

Mas eu acho bom. Porque ainda sou Pollyanna. E sabia que a minha vidinha de conto de fadas não ia durar a vida toda. Bom que seja agora. É bom.

Eu postei aqui e não no meu blog porque acho que essa minha confusão mental é bem mulherzinha. Digna do Floc.



colado por Ligia Helena - 11:26 AM




ACABOOOOU

Após 72 horas ininterruptas de febre, o termômetro indica saudáveis 36,5º.
Estou bem fisicamente. E nem tomei remédio. ;)

Grata pela atenção.



Nah. Alarme falso causado por visitas queridas.
Ainda estou febril.



colado por bressan - 5:12 AM




LUXO PURO - A PLATAFORMA

Não faz diferença se você é baixinha ou tem um metro e oitenta: com uma plataforma no pé toda mulher se sente poderosa.

Algo de milagroso acontece quando você calça uma plataforma. Parece que tudo vai pro lugar certo. As pernas parecem melhor torneadas, a bunda dá uma levantada, a barriga encolhe.

Elas são confortáveis, excelentes para dançar a noite inteira. Às vezes rola uma virada de pé, é verdade, mas nada que comprometa o amor que sentimos por elas.



Plataformas são bem-vindas em qualquer ocasião, com ou sem meia, de mini ou de calça, dia ou noite.

Flocgel AMA plataformas.



colado por Rach - 2:25 AM




Cara...

...tudo bem que o O.B. disputa com as abas e o Ponstan o título de "melhor companheiro nosso de cada dia mulherzinha", mas, na boa, R$ 5,70 o pacote com 10 unidades TÁ FODA!



colado por joakina - 1:24 AM



Tuesday, October 21


SOBRE RELACIONAMENTOS

Impressionante como não existe regra pro "sucesso" ou "fracasso" de um relacionamento.

Observando um universo tão pequeno quanto uma família (a minha, lógico), os exemplos transbordam.

Como o do rapaz que fez tudo "certo", namorou por sete anos, esperou se formar, véu e grinalda, casa montada: menos de um ano pra separação.

O outro rapaz que aos 19 engravidou a namorada da mesma idade, namoravam há dois meses. Casou às pressas, morou na casa dos sogros, perrengue pra estudar/trabalhar/cuidar de filho: mais de seis anos juntos, dois filhos, carreira estabilizada.

A moça que namorou/noivou por seis anos, tudo nos padrões, os dois formados, bem-sucedidos, alianças da H Stern, e fim. Aos 27 anos ela acabou a história de anos, sem medo. Em menos de um ano conheceu outro, namorou, juntou e já tem filho.

A outra moça que aos 28 não tem coragem de terminar um namoro que a faz sofrer porque tem medo de ficar emocionalmente e socialmente sozinha.


É por isso, essa imprevisibilidade, que eu não acredito nessa história de compromisso. Na minha cabeça, a única garantia possível em relacionamentos é o sentimento.

Porque quando uma das pessoas envolvidas pára de gostar da outra, não há aliança, família, anos de história que mantenham os dois juntos, certo?

Então, pra quê tanta MEDA?



colado por Rach - 2:47 PM




48 horas de febre
Isso tá me deixando maluca.

Não consigo dormir direito, não estou me alimentando direito, não consigo fazer nada de produtivo. Pijama o dia inteiro. Malditos vietcongues, que raio de febre é essa?

Estou ouvindo musicas que não devia ouvir, pensando em coisas que não deveria pensar, querendo o que não posso nem considerar como hipótese, lembrando de coisas que deveriam ser esquecidas. Remoendo o que era pra estar arquivado. Estou me importando demais. Sei que não devia. Acho que não devia.

Estou brincando de voyeur, estou com medo dessa febre, estou ouvindo teenage fanclub, estou com preguiça de ir ao banco depositar essa droga de cheque que me fez brigar com meu pai. Meus braços ardem, mas o meu cabelo até que está bonito. Estou com cerca de 40 mp3s novas que baixei hoje. Estou com um muque fortão.

Estou enjoada, estou me sentindo traída, esquecida, estou me sentindo traidora. Negligenciada acima de tudo. Estou me sentindo culpada por algo que não fiz, mas pensei em fazer. Estou no cheque especial.

Estou comendo mostarda demais, sentindo raiva de menos, estou cuidando pouco de mim, estou pouco vaidosa e ao mesmo tempo mais sensível. Estou vendo fantasmas na rua. Estou rouca de tanto gritar no xou do Los hermanos. Estou percebendo que, nas horas difíceis, quem estende a mão é quem você menos espera.

Estou feliz com a Klô aqui. Muito.

Estou querendo me levar mais a serio, estou achando que essa sandália me dá chulé, estou aprendendo a mexer no Photoshop. Recebi uma ligação insólita. Fiquei emocionada ao lembrar de uma certa pessoa tocando uma certa musica, que antes eu nem conhecia, mas que hoje eu sei de cor. Estou com saudades da minha sista. Estou com a cota de interurbanos estourada.

Mas todo carnaval tem seu fim, eu sou a menina do álbum branco e tenho um brinquedo novo muito legal.


E se amanhã a febre não tiver passado, eu JURO que tomo um remedinho, Lija.




colado por bressan - 5:16 AM




Se eu postasse num blog que fosse rosinha mas não tivesse conteúdo, eu ia dizer que OnTeM Eu EsTaVa VeNdU Us MeNiNiHuS dO PoPsTaR nO DoMiNgO LeGaU e eLeS SãO GaTiNhUs.
Mas como EU ESCREVO NO FLOCGEL, eu digo que eu desliguei a televisão e fui me encontrar com as floquetes pra ir no show dos Los Hermanos.



colado por Marcia Soares - 3:25 AM




E hoje minha mãe me pede: "vc não quer ter dois filhos não? e depois me deixa cuidar"
Hum... acho q ela tá querendo virar avó.
Q legal!
Minha mãe vai ser uma avó irada. E eu tb vou ser boa mãe. Pq eu prometi a Deus. Uma vez, numa das mil madrugadas q minha mãe foi me buscar em alguma festa, eu prometi que se tivesse filhoes, seria uma mãe legal que nem ela.
Sim sim, quero filhos. Sim sim, poderia tê-los agora. Já me formei, já não tenho mais a cebeça ferrada como há dois anos atrás. Já não sou mais nenhuma criança.
Eu prometi que procuraria um pai para os meus dois filhos que ela quer cuidar no caminho até a academia. Mas não encontrei nenhum.
Então continuo aqui, sem filhos.
Se alguém souber de um pai bacana, me avisa, tá?



colado por Fli - 12:00 AM



Monday, October 20

Tudo bem, eu admito q sou uma vergonha e desisti antes mesmo de tentar.
Mas é q ninguém merece ser cumprimentada com um xauzinho de longe. Sem contar os outros sinais, ou melhor, a falta deles!!



colado por Hayuka - 8:36 PM




Aos mocinhos. Ou sobre eles.


Mocinhos são fascinantes, né?

Tem aquele que te faz perder o ar só te olhando, que faz você perder o rumo mesmo ele tendo pêlos no nariz (e eu não digo saindo pelas narinas, como é usual, e sim SOBRE O NARIZ).

Tem aquele que faz teu dia mudar de cor com meia dúzia (ou duas dúzias) de palavras escritas. Mesmo as palavras sendo casuais. O dia muda de cor. Tudo muda. Por causa de uns escritos.

Tem aquele que te irrita no primeiro "oi". Aquele com quem não se tem paciência NENHUMA.

Aquele do sorriso luminoso e das idéias divertidas.

Aquele que te faz rir pela manhã, no meio de um mau humor terrível, e emenda com um "só estou aqui pra isso", falsão mas fofo. Aliás, falsão pra ser fofo, porque de falsão não tem nada (mas de fofo... hihihi).

Aquele que te faz dançar das 23h às 6h sem pausa, só porque tem o dom.

Aquele que dá vontade de pegar no colo.

Aquele que dá vontade de deitar no colo.


E eu tenho todos esses. Quer dizer, não TENHO, mas tenho aqui no meu coração. Em volta. Por perto, ou longe. Mocinhos me fascinam. Eles não tem tantos mistérios quanto as mocinhas e isso por si só já é fascinante. Mocinhos me intrigam. Me fazem pensar. Me fazem sorrir, dão dor de estômago, me fazem chorar, sentir raiva e sentir carinho, e sentir amor e sentir desprezo. Ahhhh mocinhos, não vivo sem vocês não.

(Nenhum dos personagens descritos acima é fictício. Qualquer semelhança com a vida real não é mera coincidência. Se a carapuça servir, pode ser que seja você mesmo, mocinho querido.)



colado por Ligia Helena - 7:28 PM




E todo mundo fala q ser adolescente é difícil e lances lances lances. Eu não achei. Adorei ser adolescente. Fiquei desesperada quando me toquei q ao fazer 20 anos, seria adulta. Beleza. Mas hj, quando eu paro pra pensar, eu acho q é difícil pra caraleo. Engraçado. Eu penso q se tivesse que passar agora pelas tranformações que eu passei dos 13 aos 19 anos, eu não aguentaria. Ó céus, quanta pressão. Como foi q eu sobrevivi a tudo isso e nem notei o quanto exigiam da minha pobre pessoinha confusa? Ok ok, tive problemitchas alimentares, mas nada q durasse mais de um ou dois meses.
E tb teve o fato de ter começado a namorar justamente no ano em que passei a ter mais amor pela raça humana e a achar os moleques mais interessantes. Um estresse a menos na vida. Acho q isso fez as coisas um pouco mais tranquilas pra mim.
Mas sei lá, quando eu lembro da pressão da escola, passar de ano, vestibular, seja social, acostume-se com o fato de sangrar todo mês, não tenha ninguém pra falar de sexo abertamente com vc (naquela época não tinha blog), faça sucesso com os meninos (até hj eu lembro da primeira vez q eu percebi que um moleque poderia se interessar por mim. sensação estranha!), não saber que o mundo INTEIRO passou pelas mesmas dúvidas que vc, pelas mesmas barras, pela mesma vontade de morrer.
Meu Deus, como é que eu aguentava? Como é que com tudo isso, eu ainda era uma pessoa feliz?



colado por Fli - 3:57 PM




Klô e eu chegamos a uma conclusão neste finde: aqui no Rio todo mundo tem um time de futebol, uma escola de samba e uma banda.




colado por Fli - 3:43 PM




AAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH q finde-floquético divertido.
Domingo minha alimentação se resumiu a pizza e sorvete.
Sorvete-pizza-sorvete-pizza-sorvete
Ah não, teve uma banana.
Então foi: sorvete-pizza-banana-sorvete-pizza-sorvete
Eu sou feliz.
Eu sou cupido. Espero q dê certo um namoro ae que eu to armando...
Los Hermanos é foda demás.
A pensão Moulin-Moulin é foda demás.
E lembrar que ainda tem gente bacana no mundo q eu não conheço é irado.
E lembrar de uma beleza que eu já havia esquecido há muitos quatro anos atrás é foda. Sério mesmo, fiquei com um sorriso idiota por alguns minutos. Engraçado como tem coisinhas lindas que a gente acaba esquecendo...



colado por Fli - 3:18 PM




Sabe uma sensação de pele queimando, que dá quando você é pego fazendo algo de errado? Ou então quando o professor te dá um esporro na frente de todo mundo? A pele fica quente, ardendo e você tem vontade de se enfiar em qualquer buraco? Pois é, eu estou sentindo isso, tirando a parte do buraco. Estou com essa sensação estranha de pele queimando desde domingo de manhã. Não, eu não fiz nada de errado, pelo menos não que eu me lembre. Não tenho motivo algum, mas parece que acabei de tomar um tombo no meio da apresentação de dança da escola, com todo mundo na platéia olhando. Até as minhas bochechas estão coradas, uma coisa. Não tenho a menor idéia do que esteja causando; não estou me sentindo mal, não parece ser sintoma de gripe ou qualquer outra doença. Não estou com dores no corpo, indisposição, mal estar. Tampouco fiz algo de que deveria me envergonhar, algo que me fizesse sentir essa coisa estranha, essa queimação absurda. Tiro a temperatura e ta lá: 38 graus. É febre, né. Ligo pra minha dotôra – leia-se progenitora - ela se desespera (mãe é sempre assim), faz um milhão de perguntas e passa aquelas recomendações que eu já sei de cor, como boa criança hipocondríaca que fui. Nem precisava ter ligado, só fui deixar a veia nervosa, pô. Mas pelo menos, se eu tiver um treco e morrer de repente, ela vai ter alguma pista pra desvendar o mistério. E nem vão demorar a encontrar meu corpo aqui.

Então dá licença que eu vou fazer uma sopinha, tomar bastante líquido e uma vitamina C, colocar uma meia e voltar pra debaixo do meu edredom. Quem quiser fazer visitas e cafunés na quase moribunda aqui, é só ligar e aparecer. Chocolates também serão bem-vindos.



colado por bressan - 3:08 PM



Sunday, October 19

Down With Love

O filme é beeeeeeem mais ou menos, mas não há mulherzinha que não saia do cinema suspirando. Seja pelas roupas, pelos cenários, pela música ou pelo Ewan über alles McGregor.

Ai ai...



colado por Ligia Helena - 10:05 PM




Eu JURO.

JURO que tocou Ben Kweller ontem no supermercado.

BIZARRO.



colado por bressan - 4:12 PM




FLOQUETES REUNIDAS

Casa da Yael, AGOGA!!!






colado por joakina - 2:50 AM




Na casa da titia

Tou aqui, de pijama de ursinho, na casa da titia. Duas primas, uma criança, e uma pré-adolescente. Algumas observações:

*Por que pijama tem que ser meigo? Ou sexy-frufrus ou meigo? Tem uns dias em que estou com espírito roquenrou e não quero dormir com florezinhas ou ursinhos ou coraçõezinhos. PO! Aí tenho que apelar para minhas camisetas de banda ou de vereador, isso não tá certo! Rach, cria uma linha de pijamas do roque na tua grife?

*As meninas estão virando mulherezinhas cada vez mais cedo, isso é caído. Minha prima tem mais maquiagem que eu. Muito mais lancezinhos de vaidade que eu. Ela é muito mais mulherzinha que eu. Esquisito.

*Toda vez que venho aqui assisto As Panteras. TODA VEZ. É um ritual que tenho com as meninas. E poucas cenas do cinema atual me deixam tão comovida quanto a da Cameron Diaz dançando Heaven Must Be Missing an Angel. Não a parte que ela tá de calcinha rebolando o bundão, e sim aquela com os dançarinos, ela com um vestido DESLUMBRANTE, num cenário absurdo. Olha, só de lembrar meus olhos ficam cheios de lágrimas. Hah.

Acho que eram essas as observações.



colado por Ligia Helena - 1:49 AM



Saturday, October 18

okay. nova classificação de homem.

depois do estilinho surfista, jiu-jitsu, mano, skatista e outras classificações horrorosas ou não, vem aí mais uma:



O SUJINHO.


primeira consideração: o sujinho não é hippie ou gartoinho do forró. esses, normalmente tem cara de sujinhos também, mas estamos falando de outra coisa.


o sujinho é aquele garoto largadinho... meio strokes. com aquele cabelo despenteado e aquelas roupas meio surradinhas. um jeans bem requenga.
normalmente eles são absurdamente magrelos.




tá. falando assim até parece que SUJINHO seria algo pejorativo, mas acredite, eles são bunitinhos. uma graça. e todo mundo concorda.






colado por Miss Celânea - 2:50 PM




Eu estou de biquini, com protetor solar no rosto, sentada na frente do computador.
Vc vai à praia mais tarde? Não.
???????
É q eu ganhei o melhor presente dos últimos tempos. Meu biquini de surfista. Ah como ele é lindasso. Ah como eu to feliz. Agora, pergunta se vou pegar onda com ele. Claro q não, papi não deixa. Diz q eu tenho q usar bermuda, pq senão fica indecente. Ho ho ho. E eu ligo? Nãaaaao. Pq vou usar meu lindão na praia mesmo. Normal.
Sério, eu não me ligo em comprar roupa (acho q a última coisa q comprei foi uma fantasia), mas me apaixonei por este biquini. Passei uma semana falando dele. Triste por não ter coins para comprá-lo. Mas minha mãe é linda e me ligou hj "vamos na loja ver seu biquini?"
Eu to feliz
Eu to uma palhaça de biquini na frente do computador. Mas eu to feliz.



colado por Fli - 1:23 PM




A common line
I close my eyes
but couldn't let it go
the perfect time
I dropped my guard
and lost but won somehow

It's rather sad
it feels like we've never
made it together since

One word ahead
and you'd be dead
I held you in my throat
I stumble by
attached to you
I couldn't let it go

It's rather sad
it's really sad
it feels like we've never
made it together since

We'll never have the guts
to discover
we'll choke on it and die...




colado por bressan - 3:54 AM



Friday, October 17

Hoje eu estava pensando sobre a minha primeira bolsa. Na verdade eu estava refletindo sobre meu gosto incontido pelo semi-bizarro desde a mais tenra infância. Mas criança a gente perdoa, pq quem compra os artigos são as mães, já com os adolescentes não sobra muito a quem culpar, a não ser eles mesmos, pq afinal adolescência é quando a gente começa a escolher as coisas sozinho.

Então, uma das primeiras coisas que eu comprei sozinha foi essa bolsa, minha primeira bolsa. Eu não tinha nem o que fazer com uma bolsa, na verdade, mas eu quis assim mesmo pq no meu íntimo eu tinha chegado à conclusão de que não existe mulher sem bolsa, então como é que eu poderia ser considera mulher se eu não tinha bolsa nenhuma? Então eu fui lá e escolhi uma. Era uma bolsa bizarra, mas eu era feliz. Eu já era então uma mulher, de 12 anos, feliz e com uma bolsa bizarra.

Adolescência, meu caro amigo, é quando a gente se esforça pra ser igual a todo mundo. Só dá pra arriscar ser diferente se vc conseguir levar pelo menos mais 10 amigos junto com você, senão a pressão é grande demais, o coração não suporta e você, invariavalmente, pensa em suicídio.

Nessa época era aquela coisa nojenta, todo mundo tinha o mesmo sapato (sandalinha da redley) e a mesma bolsa (mini-mochila jeans com bolso de camurça-rural preta). O resto não importava, já que a nossa vida social era na escola e usávamos uniforme. Era uma vida pacata onde o que interessava em uma pessoa eram apenas os acessórios.

E justamente nessa época eu fui escolher a bolsa bizarra. O vendedor nem queria me vender a bichinha, hoje eu penso que é pq ele pressentiu os males que ela provavelmente causaria na minha imagem pública adolescêntica, quis que eu levasse a tal mochila, mas eu fui firme e forte e levei a sacolinha multicolorida. Na verdade, acho que eu tinha esperanças de que ela fosse se tornar o hit da próxima estação e então eu ficaria popular no colégio por ter sido a menina que teve o artigo antes de todo mundo, sabe aquela coisa?

E bolsa é daquelas coisas malígnas nas quais você primeiro não vê utilidade nenhuma, mas logo depois se pega pensando como é que viveu tantos anos sem. É como celular e e-mail. Eu não tinha absolutamente nada pra carregar, me esforcei e achei: 1 caneta, 1 batom, 2 chaves num chaveiro murcho e 1 carteira desmilinguida sem dinheiro nenhum. Não foi o suficiente para dar volume, nem peso, nem um balanço, e era sempre humilhante responder a pergunta "que que ce leva aí dentro?!", pq eu tinha que relacionar todos os ítens, afobada e com ar exausto, como se eles fossem rotineiros e indispensáveis, coisa que não eram, e como se eu não aguentasse mais depender de tanta tralha atrelada ao meu corpo, coisa da qual na verdade eu me orgulhava muito. Além de que todo mundo perguntava pq que ela tinha uma alça só, um lance assim, meio vó, e olhavam pra mim com o olhar compadecido.

Não durou muito tempo no meu time de acessórios, infelizmente... não era muito útil mesmo. E não sei, mas acho que foi mais importante do que meu primeiro modess.



colado por B. - 12:53 PM



Thursday, October 16

meu primeiro post carioca.


tá???





colado por Miss Celânea - 11:46 PM




Dia 23 eu vou chorar.
Ah sei lá se eu vou chorar mesmo. Se eu parar pra pensar, eu vou chorar.
Pq lá se foram quase 6 anos. Meu Deus, quase 6 anos.
4 anos todo dia. Com momentos de extrema felicidade, com momentos de tristeza, com pessoas tão queridas, com pessoas que não valem nada, com surtos, com ajudas, aprendendo, conversando, caindo e levantando tantas vezes. Não desiste não, falta tão pouco...
Mais de um ano e meio surtando com o wordpad, com os vírus, com a impressora que não imprimia, com o medo de fracassar, gritando em frente ao computador. E também teve o apoio da família, o apoio dos amigos, a torcida organizada. Tb teve a galhofa, também teve ouvir the cure, pink foyd, belle e sebastian. Tb teve aprender zilhões de coisas que eu não sabia.
AAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH dia 23 um ciclo se fechará. O final de um filme. O final de uma temporada. O final do 5º capítulo.
E se eu fizer um retrospectiva eu vou chorar pra caraleo!



colado por Fli - 4:13 PM





O MUSO - HUGH GRANT

Toda mulher tem um muso. O meu é o Hugh Grant.

A primeira vez que o vi foi em George & Frederic, em que ele encarna o compositor Chopin. Um romance, claro. Foi amor à primeira vista, antes dele ficar hollywoodyanamente famoso.

Ele é lindo sem ter cara de plástico como os outros galãs. Tem rugas e muito charme. Olhos azuis e aquela expressão ora confusa, ora debochada.

Seu cabelo é perfeito. Ele tem um corpo legal, sem ser fortão nem magrelo. É inglês, o que lhe confere o sotaque mais sedutor do universo. Classicamente estiloso.



Na minha opinião, Hugh Grant é o homem mais bonito do mundo.


(excelentes amostras de Hugh Grant você encontra em: George & Frederic; Quatro Casamentos e Um Funeral, Razão e Sensibilidade, Um Grande Garoto)



colado por Rach - 1:20 AM



Wednesday, October 15


Ainda está em tempo de relatar o Encontro Floquético de Boas-Vindas para a Klô, que aconteceu neste domingo, lá pelas bandas da Tijuca.

Em meio a grandes demonstrações de carinho, poses pra fotos, trilha sonora tosca e queridos amigos, a Fe, eterna floquete, comenta:

"...porque as brincadeiras de Barbie quando você já tem uns doze anos, viram uma grande putaria..."

Obrigada, Fe. Eu achava que era a única.

(chegamos à conclusão que a Barbie é péssima de cama porque ela não abre as pernas. A Barbie Ciclista é que sabe das coisas)



colado por Rach - 7:54 PM




Inicio-de-festa



meninas arrumadinhas para o evento, bonitas e cheirosas



Fim de festa



manguaaaaaaaaaça!!




colado por bressan - 3:23 PM




Eu tenho o melhor cunhado do mundo.

Ele sai pra almoçar fora comigo num sábado chuvoso, num tradicional reduto da família tijucana e pede profiterolis.
Ele fica me sacaneando porque o coroa da mesa do lado tá me dando mole
Ele continua me sacaneando, porque o coroa foi embora e no lugar dele sentou um mané que também me deu mole.
Ele MORRE de tanto em sacanear, porque TODOS os coroas do restaurante estão me dando mole.
Ele e a minha irmã me deram um cd do Steve Wonder (fooooda!!!)
Ele é a cara do Benicio Del Toro.
Ele me chama pra fazer uma banda com ele, mesmo sabendo que eu toco igual a Phoebe, só porque ele se amarra na minha voz.
Ele quer fazer uma banda cover de Strokes. Sensacional.
Ele sabe de TODA a minha vida amorosa e me dá conselhos fodões.
Ele vai comigo ao xou do Los Hermanos (tá de pé, né?)
Ele faz músicas lindas pra minha irmã.
Ele também fez uma música pra mim, só que me sacaneando. Eu adorei.
Ele vai pra náite comigo quando a minha irmã ta no plantão e a gente dança horrores, com direito a coreografias ridículas. Putz, salvou minha noite.
Ele toma pilequinho de Hi-fi de Tang comigo na Loud.
Ele me convence a ligar pra minha irmã às 4 e meia da manhã, só pra dizer que nós a amamos. Ela ficou muito puta por estar perdendo a bagunça.
Ele até ficou amigo do Palto. Mas também, quem não fica?
Ele levanta MUITO a minha bola quando eu estou tristinha.
Ele quer ser pai dos meus sobrinhos. Eu também quero que ele seja. Mas não tão cedo, tá? :)



colado por bressan - 12:28 PM




Ah, a banda larga....



colado por bressan - 12:02 PM




Já que a maioria das floquetes é carioca, e agora elas ganharam reforço da Klô, lá vou eu contar pra elas qual é a BOA do fim de semana no Rio.

A boa do fim de semana no Rio é a Primavera dos Livros. Sexta, sábado e domingo, no Armazém do Rio (antigo Armazém n° 5). Olha só: livros bons e mais baratinhos que nas lojas, debates, mesas redondas, palestras, rodas de poesia... tudo isso por míseros R$2,00. Ou R$1,00, com carteirinha de estudante.

Se esse bla bla bla cultural não te convenceu, saiba que no sábado, além de todas essas bacanezas ainda vai ter show do JP e da Ciça, às 20h. Eles vão tocar músicas dos Netunos, do Casino e outras covers boas. E no final da noite, às 22h, começa a festa Maresia Literária, com os DJs Jesse Kowalski, Joca Vidal e Edinho. E aí, amiguinhas, não tem hora pra acabar.

E É SÓ DOIS REAU! UM PRA ESTUDANTE!

Se eu estivesse no Rio, não perderia. Não mesmo. Quando estiver mais perto do fim de semana, aviso de novo.

AH! A editora onde eu trabalho vai estar presente. Falou a assessora de imprensa.



colado por Ligia Helena - 2:55 AM



Tuesday, October 14

LUXO PURO - AS MEIAS

Não importa se é dentro do tênis, da Melissinha ou da plataforma: meia é luxo puro!

Não custa caro, fica bem com tudo, seja de calça ou de saia. Deixa o visual bem humorado.

Soquete, 7/8, meia-calça. Grossa ou fina. Listrada, lisa, de flor, de coração, de estrelinha, infantil.

A Ligia fez um mosaico pra ilustrar a nossa paixão extrema pelas meias:



Meias: Flocgel AMA, usa, aprova e recomenda!



colado por Rach - 4:22 AM




Estava eu no trabalho em pleno sábado à noite quando ouvi a seguinte frase: "Tô doida pra ir embora! Vou daqui direto pra night. Vou só no banheiro trocar meu pára-quedas e sair correndo."
Desculpem a ignorância, mas alguém aí chama absorvente de pára-quedas? Nunca ouvi isso?



colado por Marcia Soares - 3:54 AM



Monday, October 13

Tou precisando dar uma SACUDIDA na minha vida, sabe? Dar uma mudada. Ser uma nova mulher.

Pra começo de conversa, eu vou começar a usar MULHER quando for falar de mim. Que até hoje eu usei MENINA. GAROTA. GURIA. Acho que GURIA eu vou continuar usando porque eu acho tri afudê quando baixa a gaúcha em mim, sabes?

Então a partir de hoje eu sou uma MULHER que lances lances e lances. Porque uma MULHER como eu lances lances e lances. Vai ser difícil, mas eu vou tentar.

O fato de ter passado o dia das crianças sem nem lembrar que era dia das crianças contou muito pra essa decisão.

Acho tbm que vou tirar meu piercing. Chega dele.

A outra coisa que eu vou mudar é meu cabelo. Só não sei ainda COMO. Tou em dúvida, me ajudem.

Esta sou eu e este é meu cabelo ATUAL:


qualquer galhofa a respeito do tamanho de meu nariz será ignorada, e qualquer comentário do tipo "ah, não corta não" não será levado em consideração

Eu queria cortar. Curto. Cansei desse cabelão, dos cachinhos de luluzinha, tou querendo um lance assim MUDERNO.

Pensei numa coisa meio...



Maria Rita. Porque eu virei tiete da guria. Porque ela é estilosa e tem esse cabelo bacana. Eu gosto.

Mas pensei também que podia ser assim...



Keri Russel. A Famigerada CHATICITY. Uma coisa mais romântica. Mais poodle. Mais sei lá. É bacana tbm.

Eu preciso de opiniões. Chamem seus cabelereiros pra ver esse post, mandem as fotos pro Wanderley Nunes, sei lá. Me ajudem. ME AJUDEM. Quero opiniões.



colado por Ligia Helena - 2:57 AM



Sunday, October 12

Eu não quero mais ser a baixinha de óculos e aparelho!!
Em conversa com Biba eu cheguei à conclusão que os homens não olham pras meninas "em reforma" como eu, foi então que ela teve a idéia de fazer uma camisa escrito: "OBRAS" ou "EM OBRAS" ahahahahahahahahha

E que ninguém invente de imitar pq senão nós processamos. Na verdade isso aqui não é um post é um registro de direitos autorais!!



colado por Hayuka - 10:28 PM




Cacá, li seu comentário. Apareça (e comente) mais vezes.

Saudade de pessoas.
Saudade do Gui que tá loooooonge. Pensei muito nele hoje.
Saudade da Lela que tá logo ali.
Saudade da Lija, q me ligou hj.
E do Ivan e do Adri q moram no MESMO BAIRRO q eu!
Do meu plano-B, que tá trabalhando e namorando e a gente não se vê mais.
Do Cleisson, que eu não sei se já voltou do México.
Da minha prima que tá estudando pra fazer Vestibular e eu amo muito, mas quase não vejo mais.

Ai ai, pessoas queridas rulam.
E tem essa saudade que eu vou matar logo logo. Uma menina especial que vai fazer do Rio uma cidade mais divertida!



colado por Fli - 4:34 PM




Gelecaaaaaaaaa. Meu braço virou uma geleca. Abandonei a musculação por 2 meses e meus bíceps e tríceps se foram.
Ok, eu nunca tive bracinhos de Madonna, mas rolava uns "musculinhos" fofos.
Quando eu "surfava" então... Era lindo. Inchadinho, inchadinho.
Braço de véia, molengão. Coisa horrorosa...
Quero meus braços bonitinhos de voltaaaaaaa.
Então volta pra porra da musculação, sua inútil!




colado por Fli - 4:07 PM




Eu fico mais bonita:

1 - Magra
2 - Bronzeada
3 - De cabelo liso

Fato.



colado por Fli - 4:00 PM



Saturday, October 11

Que coisa né? Ontem mesmo eu tava aqui pensando... acontecem muitos fatos estúpidos nessa vida. Desde atropelamentos até simples diálogos. É cada coisa que a gente tem que ouvir e se calar só pra não polemizar, porque se o barraco já tava armado quando você entrou, não dá pra conter as palavras. Pra não chatear pessoas? Pode ser.

Por que é que a sra. Galinha que botou dez ovos brancos e o décimo primeiro saiu cor-de-rosa por uma questão meramente genética tem necessariamente que ter traído o sr. Galo? NÃO TEM.

É isso. Tem coisa que não dá pra explicar direito.

ass.: Úrsula Igarán, que por acaso não cagava merda, e sim orquídeas



colado por grace - 4:29 PM




São duas e meia da tarde e só nesse tempo de dia, já posso considerá-lo muito escroto. Desde as sete da manhã, eu já SURTEI DUAS vezes. Eu tô muito de saco cheio (comigo, lógico. isso não é CULPA de NINGUÉM). E o nosso amigo Murphy também colaborou à beça. A única coisa legal do dia é que até agora NENHUM Higie Pack rasgou. Sim, porque eu USO o higie pack.

Deitei na cama durante duas horas tentando dormir, sem sucesso, mas parece que eu dei um dormidão de cinco horas seguidas. Sinto-me melhor. Pensei muito na Madonna e minhas idéias estão purificadas. Porque a Madonna é a fonte de inspiração para levantar auto-estima. Eu quero que vá geraU se foder (e ainda desejo o bem), que eu vou galhofar e afofar na Loud!.

Obrigada por você existir, Flocgel, assim eu posso ter crise de meninha com público vendo.

A crise é COMIGO, não é com NINGUÉM.



colado por Marcia Soares - 2:47 PM




Minha empregada é que sabe mandar nos homens que tem, nesse exato momento o sr marido dela está bem ali, esfregando o quintal. Já cuidou do banheiro e da louça. Eu nunca vi uma coisa dessas... Ela devia é abrir um curso de especialização, que nem aquela baranga que ensinava técnicas de strip-tease pra donas de casa, "como dominar you man, in 10 days". Eu faria.



colado por B. - 10:52 AM




Oi, eu sou a Cinha e tenho algo a dizer:

estou começando a entender/sentir/perceber como deve ser MUITO RUIM terminar um namoro quando ainda se está gostandinho.

É só isso o que eu tenho a dizer.



colado por Marcia Soares - 1:34 AM



Friday, October 10

MÊDA.

Acabei de perceber que o meu cabelo está igualzinho ao do Ozzy.



colado por bressan - 3:25 PM




Isso é uma musga q eu acabei de compor

Eu mereço, eu mereço...
Eu tenho ímã pra malucooooooo, eu tenhooooooo
O mundo roda, roda roda
E os malucos sempreeeeeee
Atrás de mim
Que mal eu fiz? Eu perguntoooooo

Sério, eu acho que eu sou uma pessoa bacana. Pq só me aparece maluco? Pq?
Hum, pq as pessoas normais são chatas? Pode ser. Mas maluco tb é chato. Não dá pra ser só alguém com a mente aberta? Pq os moços bem resolvidas são os que eu quero.



colado por Fli - 11:55 AM







serviço de utilidade pública

sexta a noite, você não pode perder a cena do assassinato da odete roitmann no globo reporter.



- COMO VAAAAAAAAAAAAAAAI?

aliás, eles podiam passar uma cena dessas também, né??


OBS: quem matou a odete roitmann foi a cássis kiss.





colado por Miss Celânea - 1:30 AM



Thursday, October 9

Uma grande dúvida:

Como é que vocês (lê-se pessoas normais) conseguem viver sem mostarda dijon????

A daqui de casa acabou e eu estou quase surtando.



colado por bressan - 9:03 PM








e neste domingo, dia 12, eu me jogarei nos braços das floquetes. em definitivo.


muito feliz e muito triste. tudo ao mesmo tempo, agora.


muito, mas muiiito, mas muuiuito obrigada mesmo a todas vocês, que estão aí me incentivando e me dando força. ajudando a aliviar o medo e a dor. dando coragem.


amo todas :o)





colado por Miss Celânea - 3:52 PM




Saco.
Dez anos de seca no centro-oeste e é só eu cortar o cabelo curtinho que chove todo dia. Se eu fosse índia provavelmente minha linhagem seria sacrificada em rituais de colheita.



colado por B. - 8:52 AM





Pra não ficar um clima de só críticas e todo mundo pensar que eu sou a pessoa mais enxaqueca do mundo, criei uma nova série:

LUXO PURO

Será aos moldes de Visão do Inferno, só que às avessas. Aguardemmm!


PS: Claro que a Visão do Inferno continua, porque eu sou enxaqueca, sim.



colado por Rach - 1:56 AM




Porra Fli, lá vem vc com esses posts gigantes de novo.
Eu sei, eu sei. Mas é que eu escrevi e depois achei que, sei lá, poderia ter alguém passando por uma situação parecida coma minha e... sei lá. Ah, o blog é nosso, a gente escreve o que quiser, né? quem não estiver afim de ler posts grandes, que pule esse.
Esse é um post recado? Não. Pq? Pq tenho quase certeza que "o ser" não lê mais esse blog.
Lá vai


“Perdoar é lembrar sem rancor”

Eu tenho muitos muitos muitos defeitos. Muitos mesmo. Mas tenho uma qualidade que eu acho fodona: eu consigo perdoar as pessoas. Perdoar de verdade, voltar ao zero, gostar de alguém da mesma forma que eu gostava antes. Isso não quer dizer que eu esqueço. Eu não finjo que não aconteceu nada, eu não apago da minha memória, eu lembro de tudo, e mesmo assim continuo gostando, porque de fato, eu perdoei.

Ó meu Deus, como eu sou um ser superior, eu tenho o dom do perdão. Não, não é nada disso. O que eu quero dizer é que eu consigo voltar a gostar de pessoas que já me magoaram. Leva tempo, é claro, mas até hoje eu sempre consegui voltar a ter uma relação tranqüila com pessoas que eu já quis que fossem morar no Acre e nunca mais aparecessem na minha frente.

Eu sou do tipo que briga com alguém, mas reza para que Deus proteja esse alguém. Tudo bem que o ser é o último da minha lista, mas sempre, antes do “e peço por todos aqueles por quem ninguém pede”, rola o nome da criatura que me fez chorar de tristeza, ou tremer de raiva, ou gritar de revolta. Sei lá, eu sou capaz de enfiar a porrada em alguém, mas não sou capaz de desejar o mal para ninguém. Vai entender a minha cabeça louca...

Então, essa noite eu sonhei com um ser com quem eu briguei (muito) feio. Sonhei que estava conversando com ele e tentando consertar as coisas. Porque hoje faz uma semana que eu disse que nunca mais falaria com ele, “a pessoa mais escrota que eu já conheci”. Sonhei que a gente estava junto, deitado na cama aqui de casa, conversando, como tantas vezes aconteceu na vida real, e que eu me lembrava de como era bom ficar deitada na cama aqui de casa conversando. E no sonho eu pensava, “eu quero MUITO perdoar, eu quero muito não ter mais todas essas coisas ruins dentro de mim”.

Beleza, o dia passou e eu fui malhar. Suor, endorfina, mais suor, televisão ligada no canal de notícias, "Em Atlanta irá acontecer a conferência sobre o perdão". Perdão da dívida, pensou a economista. “Serão estudados quais os benefícios para a saúde daqueles que perdoam”. Putaquepariu, não pode ser coincidência. Eu não gosto de sinais, pelo simples fato de que não consigo interpretar nenhum deles, mas esse foi meio óbvio, né? No mesmo dia eu sonho com uma coisa, decido ir pra academia de tarde (se tivesse ido de manhã, não teria lido a notícia, porque só assisto ao canal de notícias quando estou malhando) e vejo escrito com todas as letras que “perdoar faz bem à saúde”.

Faz, é claro que faz. Rancor te corrói por dentro. Vai te deixando cada vez mais rotten, até que chega um dia que você não consegue mais. Você tenta voltar a enxergar a beleza das coisas e não consegue mais, porque a parte realmente bela que tinha dentro de você já está podre. E eu definitivamente não quero ser uma rotten soul, nem desenvolver nenhum tipo de câncer. Eu quero ser uma daquelas pessoas felizes de verdade, eu quero segurar uma bebê no colo, e enquanto ela brinca com as minhas unhas pintadas de rosa, pensar ‘a vida é, de fato, maravilhosa’. Como disse meu amigo Ivan Franklin: “eu prefiro me divertir a ficar triste”. E nada me deixa mais triste que brigar com as pessoas.

Sim, eu acho que as brigas são extremamente válidas. Você é especial demais para deixar que qualquer um (qualquer um mesmo) te faça chorar. Eu sempre digo que os outros te tratam da maneira que você se deixa ser tratado, ou seja, que é você quem estabelece os seus limites. Na boa, eu acho que só é sacaneado quem se deixa sacanear. Claro, pessoas pisam na bola, pessoas fazem coisas que você nunca esperaria, mas, pelo menos pra mim, é só uma vez. Se é pra me tratar mal, se é para não ter consideração, que vá pra puta que pariu e fique bem longe de mim. Tá, eu sofro horrores, choro, passo horas e horas pensando, mas não deixo ninguém pisar em mim. E é nessas horas que eu acho sim, que tem que rolar uma briga. Feia ou civilizada, tanto faz. O importante é você tem que mostrar que “ow, a vida não é assim não, camarada”.

Mas o que eu não suporto é brigar com alguém e ficar remoendo todos aqueles sentimentos escrotamente ruins. Eu não agüento, me faz mal fisicamente. Não, nem tudo vai ser lindo com todas as pessoas da minha vida. Eu não vou ser melhor amiga de todo mundo que eu conhecer porque “ó, a vida é tão bela”. Eu vou continuar brigando com quem me sacaneia, eu vou continuar com as minhas reações de ultra-raiva-mor, mas eu sempre vou tentar perdoar. Porque eu até posso deixar de ser amiga, mas não quero ser inimiga de ninguém. Não quero que pensar em alguém me deixe mal, que me faça perder alguns minutos da minha vida sentindo raiva. Isso só me faz mal. Não melhora nada, não alivia nada, é só ruim. E pra que serve uma coisa que é só ruim? Pra nada, pra me deixar doente, pra fazer uma gripe idiota me derrubar por dois dias.

Então é isso. Todas essas letrinhas de computador para dizer que tomei a decisão de perdoar. Vai ser fácil? Nãaaaaaaaao, porque ainda tá doendo. Vai ser rápido? Nãaaaaaaaaao. Ainda vai demorar algum tempo. Ah, o tempo, tão bom, cura quase tudo. Deixa o tempo passar, vamos ver como as coisas ficam. As coisas vão voltar a ser como eram antes? Não faço a mínima. Você vai ligar pra criatura e contar essa decisão? Não, porque isso só diz respeito a mim. Talvez o ser nem ache que tenha feito nada de errado, que precise ser perdoado. Eu é que acho, quem ficou magoada, e triste e, de certa forma, quebrada por dentro fui eu. Então sou eu que tenho que resolver esse assunto nas minhas idéias. Sou eu que não quero ter que sair de um lugar onde o ser está por não suportar a idéia de que olhar para ele vai me fazer lembrar do dia em que eu andei de um lado para o outro, completamente surtada, tremendo de raiva, sem conseguir comer. Que só de olhar pra ele, todas as sensações desse dia vão voltar. Não, eu não quero mais me lembrar disso, porque só me faz mal.

Eu nem sei se a gente vai se encontrar de novo. A vida é estranha, tem caminhos que a gente não entende. Pode ser que a gente nunca mais se encontre. Pode ser que nossos caminhos nunca mais se cruzem. Eu vou deixando as coisas rolarem. Se um dia a gente tiver que se encontrar de novo, eu tenho certeza de que esse encontro vai acontecer. Sim, eu acredito em destino. Também acredito em livre arbítrio. E minha escolha foi essa, deixar nas mãos do destino. Pode ser que seja a hora de cada um tomar um rumo, que essa confusão toda tenha acontecido com esse propósito. Amigos vão e vêm. Amigos às vezes voltam. Às vezes não. Amigos às vezes te salvam (literalmente), às vezes são só boas risadas num Domingo à noite.
Mesmo que a gente nunca mais se encontre, eu não quero nenhum rancor dentro de mim. Eu quero me livrar desse peso. E é por isso que eu vou perdoar. Agora, nesse momento? Não, ainda não consigo. Po, eu também sou humana, não é só apertar um botão. Vou deixar o tempo passar e cada dia vai ser um pouquinho. Pouquinho, pouquinho, pouquinho, até que um dia eu vou acordar e não vou mais lembrar da última vez que senti raiva quando pensei no ser.



colado por Fli - 1:44 AM




"E quem não tem siririca pride... se fode aí!"

HAHAHHAAHAHHAAHHHA



colado por joakina - 12:49 AM




HORROR:

tem um tufo de cabelo branco nascendo no lado esquerdo da minha cabeça...!!



colado por beta - 12:12 AM



Wednesday, October 8

Raramente eu lembro dos meus sonhos. Mas está acontecendo uma coisa bizarra comigo: há quatro dias eu venho sonhando com a mesma coisa. Não é exatamente o mesmo sonho, mas, digamos, o mesmo assunto, a mesma situação, cada vez de uma forma diferente. Hoje foi a quarta vez consecutiva que acordei intrigada, ainda sem saber se aquilo era sonho ou realidade. Será que estou recebendo uma mensagem dos céus para que eu resolva certas pendências na minha vida? Talvez papai do céu esteja querendo me dizer: “sua idiota, resolve logo essa porra”. E talvez seja melhor eu resolver mesmo.
Mas a minha teoria para tal fenômeno é bem mais simples; nada de intervenção divina. Na hora de deitar a cabeça no travesseiro, depois de fechar o Garcia Márquez, determinados assuntos andam ocupando meu pensamento até eu pegar no sono. O fato de dormir com isso na cabeça deve provocar os sonhos, naturalmente. Mas porra, quatro vezes seguidas é bizarro. Dá medo.
Acho que hoje eu vou dormir olhando pra uma foto da Angelina Jolie.

Ainda falando em sonhos, sonos e afins, hoje eu fui acordada da maneira mais foda. Eu tenho um vizinho que toca sax, néam. Despertei com o cara tocando Latest Trick, do Dire Straits. Música que me lembra a infância, quase puberdade, quando minha irmã mais velha (que Deus a proteja!) ouvia o Money for Nothing insistentemente, o que me fez decorar o álbum inteiro. Depois o cara ainda emendou vários hits: George Michael (adogo?), Sade e outros clássicos dos anos 80. Sensacional, pena que já acabou. Agora tem uma criança pentelha na flauta doce, tentando tocar o tema de Mulheres Apaixonadas. Saco.



colado por bressan - 6:24 PM




A felicidade está nas pequenas coisas…..

Ouvir uma bicha que é fã de Britney, Mariah, Aguillera e Cher cantando Ben Kweller a plenos pulmões e saber que você tem participação nisso…. Não tem preço!

Dá até pra esquecer por alguns instantes seus problemas e esboçar um sorriso...

Im running as fast as I can!

Lu, te amo.



colado por bressan - 6:20 PM



Tuesday, October 7

Coisas que são escrotas, mas que unem pessoas

1 - Cigarro
2 - Drogas - especialmente maconha, q nego divide na boa
3 - Reclamar de alguma coisa
4 - Falar mal de alguém
5 - Bebida

By the way, gosto dos 5 itens citados.



colado por Fli - 2:59 PM




Imagina um menino que parece que usa lápis preto no olho, mas ele não usa, os olhos dele são FERÕES desse jeito mesmo.

Imaginou?

Pois é, eu conheço esse menino. Olhões. Invejo-o.

(Não, amanhã não vou contar do menino que parece que usa batom)




colado por Ligia Helena - 2:25 AM





Uma coisa muito irritante é gente que não tem assunto.

E porque não tem assunto fala da vida pessoal.

Dos outros.



colado por Rach - 1:08 AM



Sunday, October 5



sobre toalhas e nudismo


- uma coisa que é muito dificil pra mim é sair desse estagio "enrolada na tolha" e ir para o "vestida".
é tão fresquinho. além do que, enquanto você está de toalha, não tem que se enxugar direito... pode ficar meio seco/meio molhado..
- é uma verdade. é uma verdade. aliás, aprofundando um pouco mais, poucas coisas são mais gostosas do que sair do banho, colocar uma roupa limpa e ir dormir com lençóis recém-trocados.
- é... mas o lance da toalha é muito mais forte pra mim...
- a relação mulher/toalha é forte mesmo. tem aquele lance de enrolar uma no cabelo, pra ele secar, roupão etc.
homem é só passar rapidinho e pronto.
- é.. mas eu naum uso toalha na cabeça não... acho que é porque eu sempre tive cabelo curto..
e quanto ao roupão.. é uma coisa mais de inverno...
- todo mundo andaria pelado, se morasse sozinho. ou com pouca roupa.





colado por Miss Celânea - 9:05 PM




Esse ano eu não fui ao Anima Mundi (o primeiro que eu perco desde que começou). De bobeira mesmo, dei mole e perdi as sessões.
Esse ano eu não fui ao Festival do Rio. Nenhum filme. Me irritei com essa onda que nego tira. "Oh, quantos filmes eu fui. Oh, sou tão cool. Oh, gastei um milhão de coins". Ah, me poupem.
Esse ano eu não vou ao Tim Festival (Free Jazz). 60 coins? Foi mal, conheço muito pouco White Stripes pra desembolsar 60 coins. Por 30 eu iria, 60 não.
Esse ano eu não saí em nenhum bloco de caranaval. Ano passado eu saí em 5, fui a um baile e ao desfile das campeãs. Ano passado fui eleita (juntamente com Neide - vulgo Marina), rainha do maior bloco de Búzios (é, surreal, eu sei).
Esse ano não me furei nem me tatuei. Ainda.
Esse ano não me empolguei com nenhum seriado idiota da Warner ou da Sony.
Esse ano eu não quis ir morar na Europa e recusei uma viagem pra Jordânia-Zurich-Praga.
Oh Deus, o que está acontecendo comigo?
Oh Deus, o que está acontecendo com o ano de 2003?



colado por Fli - 5:56 PM




Nutry light é MUITO ruim. Comprem Trio light.

É, era só isso mesmo.



colado por Fli - 5:32 PM



Saturday, October 4

EU NÃO DOU MOLE

Não, gato, o problema nem é com você. Não é pessoal. Não é que eu não dê mole PRA VOCÊ. Eu só não dou mole, pra ninguém.

E também não é que eu ache que sou a rainha da cocada preta e por isso não dou mole pra ninguém. Longe disso. Inclusive eu posso estar seriamente interessada em um mocinho, que não vou dar mole. E não é frescura. Não é metidez. É porque eu não sei dar mole.

Não detenho a técnica. Quando tentei, falhei. Quando acham que eu tou dando mole, eu tou simplesmente sendo legal e carinhosa. Quando eu acho que tou dando mole, eu tou sendo ridícula. Então desisti. Eu não dou mole. Pelo contrário. Se eu não der a mínima pra você, se ficar travada na sua frente, se mal conseguir olhar na sua cara, provavelmente eu tou dando mole, do meu jeito travado de ser.

OU NÃO.

Pra finalizar, diálogo com minha querida Klô:

L - Pois é, então, eu não sei dar mole, não tenho habilidade não, não sei olhar, jogar charme...
K - Então é por isso que você *combina suas pegações* via icq...
L - ¬¬

PORQUE POR ESCRITO EU MANDO BENZÃO!



colado por Ligia Helena - 11:15 PM




E ela passa mais uma tarde inteira dormindo.
Que beleza! Dois dias maaaaaal por conta de uma gripe. Eu devo merecer...
Meus amiguinhos queridos se divertindo em Araras e eu aqui, sem força pra absolutamente nada. Meu dia começou depois das 7:00 da noite, quando finalmente me levantei do safá da sala de vovi. E a palhaça aqui achando que "ah, na sexta eu já estou boa". Ah, tá.

Mas o que eu queria dizer é que tava arrumando fotos na casa da minha avó e cheguei a uma conclusão: Meu Deus, como minhas primas são lindas! Tá, eu sempre soube disso, mas hj, sei lá, eu vi muita foto. As três irmãs são muito muito muito bonitas, cada uma no seu estilo. E sempre foram. Desde bebês.
Po, falando em bebê, achei umas fotos minhas bebê. Eu era fofa! Era sim. Pele branquinha, cabelo preto preto preto, e um olhão azul de dar medo.

Ahá, estou aprendendo a fazer escova. Agora só falta aprender a pintar meu olho... Me aguardem

"O Amante". Já vi o filme zilhões de vezes, agora estou lendo o livro. Muito bom. Eu estou achando triste pra caraleo, mas ao mesmo tempo, lindo. Quem me "apresentou" ao filme foi meu ex-namorado, e eu sempre lembro dele quando assisto. Assim como eu sempre lembro do meu melhor amigo quando assisto "A Mulher e o Atirador de Facas", pq foi o último filme q a gente viu junto antes de ele ir embora pra Espanha. E tb tem o "Amores Brutos", que foi recomendado por um amigo do meu primo. Agradeço a ele (mentalmente) até hj por ter me falado desse filme. Isso tudo pra dizer que tem certos filmes que valem não só por serem maravilhosos, mas tb pq me fazem pensar em pessoas importantes.

Eu não consigo me expressar falando, mas graças ao bom Deus, consigo dizer o que eu quero quando escrevo. Tem gente que se expressa num quadro, numa escultura, numa música... A minha forma de expressão é escrita, definitivamente. Eu tenho muita pena de quem não consegue se expressar. Muita pena mesmo, pq às vezes fica meio ridículo.

Coisas que eu quero
1 - Ficar boa da gripe
2 - mar limpo
3 - mar flat
4 - meu pai ir comigo "pegar onda" (sim, eu tenho medo de ir sozinha. mongaaa)
PRECISO, não, vc não está entendendo, EU PRECISO ficar remando de um lado pro outro com a minha chuca (de pranchuca, sacou?). Preciso de algumas horas "sola com su amor, el mar".

Bem, esse post já tá grande demais.
Mas como vcs já me conhecem, sabem o que significa deixar a Fli sozinha em casa num sábado à noite.
Beijos, durmam com os anjinhos e sonhem com seus musos e suas musas

p.s: muuuuuuuito obrigada por todos os comentários lindos. sério mesmo, ajudou bastante.
p.s 2: eu vou sonhar com o Ben Affleck, pq ele manda bem!!!!!!



colado por Fli - 9:54 PM



Friday, October 3

ÀS VEZES A GENTE TEM QUE ADMITIR...

* Eu não sei me maquiar.
* Quando eu me maquio fico parecendo um travesti
* Especialmente quando estou de plataforma



colado por Ligia Helena - 6:14 PM




Carvalho!!
Meu desodorante novo é muito forte.
Acho q vou vomitar!!



colado por Hayuka - 5:30 PM




Fê: Mas vc chorou?
Fli: Chorei.

Dostoievski me esclarece certas coisas...
Minha mãe tb: E a flor, que mesmo quebrada, floriu...

Fê: Não é pq vcs brigaram, mas ele é burro, né?
Fli: É.
Eu tinha esquecido a minha resposta padrão pra "o que vc mais odeia?". Gente burra.

Na família do meu pai, só tem mulher surtada (eu inclusive. é claro). Cada uma com seu surto, mas nenhuma, nenhuminha, tá na categoria "normal". Será que Sofia (a mais nova integrante) se salvará?

Metade do meu poder está na minha sandália de 10 centímetros e nos meus óculos escuros.

Quero gastar 220 coins em 2 tênis, mas não vou. Não tenho coragem. Nem dinheiro!!! ho ho ho

Ópera do Malandro: assistam! É lindo.

Rach, pa vc que quer cuidar dos cabelos sem gastar muito: Werner Treinamento. Princesa Isabel, 323/9º andar. Vale a pena. Só pra vc ter uma idéia, num Werner normal, uma escova no meu cabelo + lavagem, sairia por mais de 30 coins. Lá, foi 11. E eu to falando do meu ex-cabelo de rapunzel. Pq eu cortei. Adivinha onde.

Dois elogios
Fê: Vc é uma pessoa difícil.
Mariana: Vc é uma das pessoas mais especiais que eu conheço.
Amei os dois.

Adoro Cake. Tenho 3 cd's. Adoro Hothotheat. Não tenho nenhum cd. Alguém me dá o que tem Bandages?

Everything But The Girl Acústico é lindo. Cibo Mato é FODA. Sinaed O'Connor tb.
E como eu consegui tudo isso? Numa loja em Ipanema (Musicale. Visc. de Pirajá) que troca cd's.

Sim, eu faço propaganda.
Positiva e negativa. Bem sabe Pulinha... ho ho ho



colado por Fli - 12:59 PM




Associações musicais que ninguém no mundo faria, mas eu, que tenho o ouvido torto, faço e ainda mostro pro mundo inteiro, sem vergonha:


Ludov - Da primeira vez:

"Eu me esforço tanto pra não machucar ninguém
Vamos falar a mesma língua pro nosso bem"

No finalzão eu emendo: "índio já foi um dia o dono dessa terra... terra!"


Nirvana - Love Buzz:

Assim que a música termina algo em mim insiste em cantar: "hoje as pessoas vão morrer! hoje as pessoas vão matar! o espírito fatal e a pisciose do amor estão no ar!"


E a mais vergonhosa de todas,

Xuxa - Música-tema do mundo da imaginação:

Imagine, imagine tudo que podemos ser...

Lá vou eu: "O telefone que toooca! Eu digo alô sem respostaaaaaa! Mas não desliga, escuta, o que eu vou te falaaaaaaar!"



colado por B. - 11:41 AM




Uma coisa.

O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?!?!?!

E essa foi a uma coisa.

Ps.: Quem sabe, sabe.



colado por Marcia Soares - 1:58 AM



Thursday, October 2

Duas coisas (amanhã será uma coisa só)

1- As floquetes bem que podiam me convidar pro evento do fim de semana.

2- A mácssima da noite:
"Na vida, só há uma coisa melhor do que fazer sexo com uma pessoa; é fazer sexo com DUAS pessoas."
E um viva ao trelelê!

E essas foram as duas coisas.



colado por Marcia Soares - 2:31 AM



Wednesday, October 1

Querido Deus,

Se lembra aquela vez na Bunker que eu perdi a fé nos homens e vc me mandou um anjo da África do Sul?
Se lembra aquela vez que eu perdi a fé na humanidade e vc me mandou uma anjinha que me deu seu único engov?
Se lembra aquela vez na Dama de Ferro que eu perdi a fé na crença de que as pessoas devem se respeitar e vc me mandou dois anjos grandes e gays?
Então Deus, eu to precisando de um dos seus anjos agora.
Muito. Pq eu perdi a fé nas pessoas.
Obrigada.

P.S: ae galera, tá foda. literalmente, tá doendo. literalmente, dá pra sentir a tristeza no meu peito. quem quiser rezar por mim...



colado por Fli - 2:23 PM




Três coisas.

1- Eu sou uma desnaturada e somente agora venho agradecer as demonstrações de carinho pela data do meu aniversário. Li todas no dia, mas o Yaccs ("Quem é yaccs?") tava fora. Enfim, grata. Amo vocês e tava com saudade do nlogue, ops, do blogue.

2- Minha coleguinha de trabalho está com problemas MUITO sérios com o namorado. Mas assim, sério MESMO, envolvendo morte e o caraleo. Eu fico puxando o floc power pra ajudar a menina. Sério, me inspiro muito nas floquetes. E hoje ela me manda a seguinte pérola: "Marcinha, sabe qual é minha única felicidade nisso tudo? Chegar em casa e ter biscoito recheado de chocolate."

3 - Já disse DIVERSAS vezes aqui no Floc o quanto me IRRITA o fato de ter alguém no meu pé, tanto pra amizade, quanto pra pegação. Aquela história de, se você tá afim de mim, vai a dica: não encha o meu saquinho. Porém, depois de 437 mensagens fofinhas no celular, eu recebo o cúmulo da minha até então normal revolta. Algo do tipo: "Você deve tá saindo do trabalho agora... tô indo dormir... beijão!". Imagina COMO, em condições normais, eu ficaria PUTA com uma mensagem dessa. E sabe o que? Tô me amarrando! Adoooooiro!

E essas foram as três coisas.



colado por Marcia Soares - 2:04 AM




VISÃO DO INFERNO - A BOINA

Boina é um acessório difícil de definir, existem vários tipos e modelos. O pior, e obviamente mais popular, é aquele que mais parece um boné fofo. Exemplo:



Ultimamente voltamos a conviver com a visão das boinas nas ruas e vitrines. Mocinhas adotaram o acessório em busca de um visual moderno e descolado. Em vão.



Objetivamente: boina é feio. Parece um pufe de cabeça. Não é perdoável nem em criança. Deixa a mulher com cara de burra.

Citando Ligelena: boina só se você for um velhinho da Móoca.


Até tu, deusa?





colado por Rach - 1:38 AM



.
Flocgel
Sexto Aniversário! 09/06/2008
Rach
Rach

Lija
Lija

Karla
Karla

Joaka
Joaka

Hay
Hay

Guega
Guega

Cinha
Cinha


Biba

Fli
Fli

Miriam
Miriam


Mais Floc



Mais Rach:
Vida de Sitcom
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Guega:
Praça Púbica
Amistad
Fotolog

Mais Joaka:
Der Mond
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Hay:
Pérolas ao Pai
Fotolog

Mais Biba:
Pérolas ao Pai
Fotolog

Mais Cinha:
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Lija:
Cinco Coisas
Fotolog
Flickr


Links

Teoria Pedestáltica
Andy Warhol
Revista Bala
Infância 80
Isabel Vasconcellos
Jornal do Commércio
Jornal de Poesia
London Burning
MixBrasil
Mood
Naturally Curly
no mínimo
Orisinal
Peanuts
Portal X
Roy Lichtenstein
Sombrero Noturno
Turma da Mônica
Yabu Media


Sons

Arcade Fire
Arctic Monkeys
Art Brut
Autoramas
The Beatles
Belle & Sebastian
Bidê ou Balde
Bloc Party
Blur
Boy Kill Boy
Cabaret
The Cardigans
Charme Chulo
Chico Buarque
Clap Your Hands Say Yeah
The Cranberries
The Cure
Dave Matthews Band
Death Cab for Cutie
Ecos Falsos
Editors
Franz Ferdinand
Garbage
Green Day
Hard-Fi
Hereges
Hole
Hot Chip
Hot Hot Heat
I'm From Barcelona
Interpol
Janis Joplin
Kaiser Chiefs
The Killers
The Kooks
Le Tigre
Los Hermanos
Ludov
Madonna
The Magic Numbers
Maxïmo Park
Monobloco
Netunos
OK Go
Paralamas
Pato Fu
Pedro Luís e a Parede
The Pipettes
Pipodélica
Pixies
Placebo
The Poliphonic Spree
Queens of the Stone Age
Radio 4
Radiohead
The Raconteurs
The Rakes
The Raveonettes
Rita Lee
REM
Sheryl Crow
She Wants Revenge
The Shins
Smiths
The Strokes
Tom Jobim
Violent Femmes
Wilco
We Are Scientists
Weezer
White Rose Movement
The White Stripes
Wonkavison
Yeah Yeah Yeahs

Blogs

Uma Dama não Comenta
Vida +ou-
Lumos
Lounge
Ai Minha Santa Aquerupita
Lixomania
O Diário de Byron Parker
Robs Piano Bar
Mexerica
Como faz?
Te dou um dado?
Post Secret
Tudo está rodando
Meme de Carbono

arquivos

June 2002
July 2002
August 2002
September 2002
October 2002
November 2002
December 2002
January 2003
February 2003
March 2003
April 2003
May 2003
June 2003
July 2003
August 2003
September 2003
October 2003
November 2003
December 2003
January 2004
February 2004
March 2004
April 2004
May 2004
June 2004
July 2004
August 2004
September 2004
October 2004
November 2004
December 2004
January 2005
February 2005
March 2005
April 2005
May 2005
June 2005
July 2005
August 2005
September 2005
October 2005
November 2005
December 2005
January 2006
February 2006
March 2006
April 2006
May 2006
June 2006
July 2006
August 2006
September 2006
October 2006
November 2006
December 2006
January 2007
February 2007
March 2007
April 2007
May 2007
June 2007
July 2007
August 2007
September 2007
October 2007
November 2007
December 2007
January 2008
February 2008
March 2008
April 2008
May 2008
June 2008
July 2008
August 2008
September 2008
October 2008
November 2008
December 2008
January 2009
March 2009
May 2009
June 2009
December 2009
January 2010

 

Campanhas

Dos males o menor

O que está por baixo também conta

Mulher monga, não!

Afins

Blogs Hermanos
[ <|>|?|#]


View My Guestbook
Sign My Guestbook

Powered by Blogger