Tuesday, November 30

Eu comprei uma sapatilha da SANDY, e daí?

É super parecida com meu scarpin pink do Hercovitch, só que sem salto. Ambas feitas pela mesma fábrica, do mesmo material da Melissinha e com o mesmo cheirinho gostoso, só que uma assinada pelo famosão da moda, e a outra, com a carinha da menina estampada na caixa.

Ah, e a da Sandy custa apenas, um quarto do preço. Chega a parecer piada.
Mesmo estilo, mesmo material, mesma qualidade. Enfim, a mesma coisa praticamente.
E um quarto do preço por conta da ausência da assintaura.

E não adianta ninguém falar que é diferente porque nem é. Se ninguém olhar que é da Sandy, jura que é de alguma lojinha fashion dessas por aí. É foda!



colado por Miriam - 6:24 PM





A CRISE DOS DOIS ANOS

Baseando-me em evidências empíricas percebo que, em geral, os namoros terminam por volta dos dois anos de idade. Um pouco antes, um pouco depois.

Porque quando você faz um ano de namoro é tudo lindo. Tem toda aquela sensação de estar vivendo um relacionamento relevante, especial, vocês se conhecem bem e ainda existe o encantamento. Quando o casal chega aos dois anos, os defeitos e os acertos já são bem conhecidos.

Não que não seja possível passar do segundo aniversário ainda apaixonados. Claro que é. Se não casamento não existiria, néam? Mas eu creio que esse seja um período de definição, se vale a pena continuar em frente ou parar por ali.

Concordam?




colado por Rach - 5:29 PM



Monday, November 29

Ando desaparecida dos blogs e da internet em geral. Tem me faltado tempo e oportunidade para elaborar as idéias que eu quero postar.

Enquanto isso, a minha vida se resume em:

1. Costurar (umas 12 horas por dia, 3 vezes por semana);
2. Namorar (o máximo de tempo que me permitem);
3. Jogar Sims 2 (idem 2);
4. Comer (e conseqüentemente engordar);Agora eu preciso ir.

Mas tou prometendo voltar em breve e postar decentemente. Ou não.

PS: Só queria contar que quinta-feira eu vou tirar foto de beca, sim?




colado por Rach - 1:15 PM



Thursday, November 25





Alguem pode me devolver o MS, por favor? diz:
eu achava legal quando o cara pegava a madonna

Alguem pode me devolver o MS, por favor? diz:
aliás, eu achava legal quando a madonna pegava geral

Alguem pode me devolver o MS, por favor? diz:
esse papo de mãe de familia

Alguem pode me devolver o MS, por favor? diz:
sei lá

Robs - PÕE MAIS GLITTER, ACREDITA NA FOTO diz:
po, mas madonna velha sendo a velha madonna

Robs - PÕE MAIS GLITTER, ACREDITA NA FOTO diz:
viraria Dercy Gonçalves



meninas...
muito obrigado por alegrar meu fim de noite!




colado por Miss Celânea - 11:25 PM




E você, já fez sua declaração de isento?
Vai lá que é só até o dia 30/11.





colado por Fli - 1:01 PM




Aproveitando que a Klô puxou o assunto: nem eu.




colado por Rach - 10:02 AM



Tuesday, November 23



eu não morri, tá?





colado por Miss Celânea - 11:18 PM




"A Cinha não dorme."
As floquetes dizem muito isso. Mas vamulá que esta frase está obsoleta (ui, compus).
Isso acontecia porque sempre que eu ia dormir na casa de alguém, eu não cumpria o objetivo: dormir. Eu gostava de ficar conversando a madrugada toda. Eu sempre gostei de ir dormir de madrugada e acordar de tarde.
Só que a vida de adulto é complicada e eu estou tendo que acordar cinco e meia da madruga todos os dias. E continuo indo dormir meia-noite por causa da faculdade, o que me faz acordar com um ESPORRO de um despertador troncho no MEIO dum SONÃO. Isso afeta consideravelmente o meu senso de humor e meu estado de espírito no geral, acordar assimdessa forma bruta.

Essa manhã eu joguei o despertador ESPORRENTO fora e coloquei o computador pra despertar também às CINCO E MEIA DA MADRUGA com o Silvio Santos cantando "Ritmo de Festa!".
Estou alegre hoje.



colado por Marcia Soares - 6:26 PM




-Vamos tentar novamente...

"Mas Cinha, você vai falar sobre isso de novo no Flocgel?"
"Sim, vou."


Há alguns dias eu fiz um post falando sobre sexo oral. Sim, eu não fui bem compreendida. Fui mal interpretada até por envolvidos diretos no assunto. Heh! Certamente eu me expressei mal. Bem, como dito acima, "vamos tentar novamente...".

Existem pessoas que beijam na boca num primeiro encontro. Sim, é trivial, eu faço, tu faz, ele faz, nós fazemos, vós fazeis, eles fazem. Mas se analisarmos a fundo *ui* essa questã, vamos constatar que é uma atitude curiosa, o fato de você meter a sua língua dentro de uma boca de um ser que você não conhece.
Existem pessoas que transam (ai, eu não gosto dessa palavra... "vamos tentar novamente..."). Existem pessoas que trepam num primeiro encontro. Sim, isso está se tornando cada vez mais comum, menos pra minha mãe e pra minha avó. Creio que pras suas também. Mas se analisarmos a fundo *ui* essa questã, vamos constatar que é uma atitude curiosa, o fato de você meter suas coisinhas dentro das coisinhas de outro(s) (existem muitos adeptos de trelelês e derivados) que você não conhece.
Existem pessoas que fazem sexo oral num primeiro encontro. Sim, isso também está se tornando comum (aqui você insere as pessoas da sua família que não concordam). Mas se analisarmos a fundo *ui* essa questã, vamos constatar que é uma atitude curiosa, o fato de você meter a sua boca dentro ou fora do brinquedinho de uma pessoa que você não conhece.

Esses três acontecimentos acima podem continuar com minhas conclusões citadas também no segundo encontro, no terceiro, no quarto... Mas existem pessoas que SÓ os fazem, SÓ têm prazer, SÓ têm vontade, SÓ acham moral, SÓ acham limpinho, quando tem AMOR. Não gostam, não querem e não fazem se não tiver AMOR. E é isso o que EU penso sobre sexo oral.


Eu gosto desse blog porque eu posso usar o "vamos tentar novamente...". Mas com AMOR. Heh!



colado por Marcia Soares - 6:17 PM




Quando eu tinha 20 anos o meu sonho era ir pra nite sem precisar levar bolsa. Porém, naquela época o celular era um trambolho e não cabia no bolso da calça. Então, as minhas noites felizes eram aquelas nas quais eu usava minha super calça cargo verde, cheia de bolsos capazes de acomadar aquele tijolo também conhecido como telefone celular. O tempo passou, um familiar morreu, e eu herdei um celular relativamente pequeno ("realtivamente" pq hj ele é o tamanho padrão), que eu carrego no bolso. E sabe o que aconteceu? Eu parei de sair! E quando eu saio, já não me importo mais de levar bolsa. Veja só como essa vida dá volta...

E este foi mais um post inútil trazido para você diretamente por Fli



colado por Fli - 11:56 AM




Só para demonstrar a felicidade profunda que estou sentindo por ter voltado a treinar.
Ninjutsu: Só quem faz pode saber o por quê de ser tão bom voltar para casa suada, cheia de roxos após socar árvores, com os pulsos doendo no melhor estilo Kill Bill II após dezenas de repetições de chaves e golpes e exausta de tanto girar o Jo (aqueles bastões que parecem um cabo de vassoura - qualquer semelhança como nome de uma floquete é mera coincidência) para treinar os manejos e as estocadas.
Sentir dor nas pernas por causa dos excessos de kamai (bases diferentes de equilíbrio) nunca foi TÃO prazeiroso.
Voltei com tudo. E desta vez, é para ficar.
:)



colado por Miriam - 1:11 AM



Sunday, November 21

Eu deveria estar trabalhando. Sim, 8:20 da manhã dominical e eu deveria estar trabalhando.
Porém, porém, poréeeeeeeeeeeeeem (quando eu estou cansada eu fico repetindo as palavras. Isso pode ser bem assustador!) veio-me uma questão filosófica-estética importantíssima:
Veja bem, se o seu namorado (ficante, rolo, peguete, ou qq coisa q o valha) só namorou (teve um caso, pegou, etc etc etc) mulher feia, isso quer dizer que vc tb é uma baranga?
Depois de pensar um pouquinho, cheguei a uma conclusão satisfatória. Não, isso não quer dizer q vc é baranga. Isso quer dizer que ele é um cara de sorte!
Aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!
Tralalalalalalala muito filósofa eu, né!
Hazel, contesta aí a minha teoria!!!!!
Pois bem, estou começando a surtar. Terra chamando! Terra chamando! Terra chamandooooooooooooo! (eu disse que repetia as palavras...)



colado por Fli - 8:22 AM



Wednesday, November 17

depois de um longo e tenebroso inverno...

voltei - em tempo, ou?

dizem que as experiências são sempre válidas, mas mesmo duvidando dessa máxima popular fui lá, fiquei duas semanas sem as malas, mais um mês brigando com o banco porque meu cartão de crédito internacional não estava liberado pra uso no exterior (!!!), mais uma semana sem lugar pra morar, algum tempo pra descobrir que meu seguro de saúde não tinha sido realmente efetivado, mais uns dias pra cair na real de que o cartão de memória da minha máquina tinha ido pro espaço, e que nenhum computador queria fazer o download das minhas fotos (por isso, rach, fico te devendo um capítulo de visão do inferno ilustrado), o visto com os dias contados, os bilhetes aéreos disponíveis só pra depois do natal, três trechos pagos de trem perdidos (travalíngua!), show do franz ferdinand com ingresso semi-comprado fora de cogitação, de novo malas extraviadas, e ainda pega por um fiscal num trem com um ticket pra outro lugar. definitivamente, de válido, acho que isso não tem nada.

mas claro que coisas boas também ficam: pessoas maravilhosas e lugares idem, show do ash, pães com manteiga (éeeeee), uns jogos bizarros de cartas, albergues, trens, caronas, chicletes, alemães, tchecos...

e o que sempre sobrou foi uma saudade imensa dessas meninas bonitas do floc!
AMO.



colado por grace - 11:48 PM



Tuesday, November 16

Achei esse site foda demás.
Quem me mandou foi um moço americano, depois que eu dei um ataque mandando o Bush, a família Bush e todo mundo que votou nele se foder!
É minha gente, quem mora no estado do Rio sabe bem como é essa sensação de total impotência diante da massa imbecil de eleitores.



colado por Fli - 8:13 AM



Friday, November 12

Venho por meio deste anunciar para o mundo internético q desisto de ter uma vida amorosa.
Tenho bases científicas pra tomar essas decião, tá?
Não me venham com aquele papo de q não vale a pena, q faz mal, q Deus castiga e q mainha briga. Deixem q eu curta minha amargura em paz, pelo menos até aparecer a próxima causa perdida.



colado por Hayuka - 7:48 PM




às vezes eu não me contento com a caixa de comentários...

... e faço um post novo para comentar algum post anterior.

sobre os rapazes libertinos:
não vi a barriguinha do Carl q a Klo disse ter visto. achei o Carl NA MEDIDA. magro, nada de músculos definidos, mas tb nada de "só-osso", ele tem a carninha certa e A BUNDINHA Q PEDI AOS CÉUS. muito delicinha.
sobre o John, não tive a impressão da Klo de "bom moço". aquele ali pra mim tem cara de come-quieto, pinta de mó cafajestinha mesmo. CARÃO PRA MIM É FOME! hahahahahaha
e sobre o Peter... bem, houve um momento no show em q eu fiquei olhando pros meninos no palco e imaginando como seria se o Peter estivesse ali... talvez uma beijoca no Carl? ai, ai... acho q a gente passava mal, Klo!!



colado por joakina - 9:41 AM




"Ai Cinha, você vai falar sobre esse assunto no Flocgel?"
"Sim, vou."

Sexo oral é a mais nojenta modalidade de sexo. Eu não concebo a idéia de um dia a minha pessoa vir a exercer tal feito se não por amor. É muito, muito imundo. Tem que ter amor definitivamente pra coisa acontecer sem problema algum.
Pronto, é isso que eu penso.



colado por Marcia Soares - 1:24 AM




Olá, meu nome é Marcia Soares, tenho 20 anos, estou há quatro dias sem trabalhar e permanecerei assim por mais sete.

É muito bom ir pra faculdade de chinelo, passar a tarde na faculdade alheia e a tarde seguinte deitada na cama olhando pro teto ouvindo Jamiroquai.

É muito bom ter tempo de ficar falando merda num blog coletivo como se fosse blog individual.
Floquetes, eu sinto saudadinhas de vocês.



colado por Marcia Soares - 1:03 AM



Thursday, November 11


Eu cumpri uma das minhas resoluções de ano novo: costurar à máquina. Ela me dá altas surras ainda, mas eu tento reagir. E ganhei uma dor nas costas por isso.

Já comentei aqui o quanto é detestável quando as unhas quebram? Acho que os benefícios e as vicissitudes de ter unhas grandes merecem um post. Vou fazer um.

E o Arafat acabou de morrer.



colado por Rach - 2:18 AM



Wednesday, November 10



uma análise fútil e mulherzinha sobre o show do libertines no rio

gary powell
é o seal do rock.

carl(os) barât
ele tava agradando.
seu jeito sujinho estava realmente convencendo. descabelado como deve ser.
camiseta furadinha. coisa de quem sabe o que está fazendo.
perdeu todos os pontos na hora do bis, quando voltou sem camisa. ostentou uma barriguinha tosca e corpo quadradão.
parecia bem melhor quando estava expondo menos.

anthony rossamondo
moleque ligado no 220. ou na heroína, não sei.
convenceu com seu penteado rafael kyf.
engoliu carl barât quando voltou do bis: exibiu sua linda barriga tanquinho-sequinho. coisa de menino magrelo. eu acho um luxo!

john hassal
o noivinho.
ostentava uma aliança enorme e reluzente na mão direita.
cara de bom moço. ou melhor, cara de ótimo moço.
inerte, fez cara de quem não estava nem aí o show todo.
quando todos voltaram acabados e sem suas camisas para o bis, ele apareceu ainda abotoado até o colarinho.
me ganhou com a sua simpatia antipática. adorei o personagem.

pete doherty
realmente lamento não tê-lo visto com banda. acho que devia ser interessante.
lamento mais ainda essa história que se o cara não resolver seus problemas até o fim do ano, a banda vai desistir e terminar de vez.











será que isso estaria incluído no preço do show? porque não teve.
caído.
dizem que sempre rolavam uns amassos no palco.



faz uma força aí, doherty...
posso ver? ©









colado por Miss Celânea - 10:59 PM




...e uma tarde vc se toca de que a batalha naval do bozo que vc assistia há 20 anos atrás está te ajudando tremendamente. Fragata, porta avião, submarino (tá, esse é fácil), destróier... Não são para mim meros desconhecidos graças a quem, a quem, a quem? Sim, ao Bozo!

Se eu tivesse uma banda, o nome dela seria techno superliner. E seria uma banda de rock. U-hu!

Ai ai ai ai, ouvi Nada Surf e gostei. E agora?

E por hoje é só, pessoal.



colado por Fli - 5:49 PM





A FELICIDADE DE SER FLOQUETE

Eu tenho sido uma floquete muito relapsa e mal tenho aparecido por aqui. Assunto eu até tenho, afinal frivolidades é o meu departamento.

Anyway, eu não fui ao show de ontem mas já fico feliz por ter ido ver bolsas e tomado sorvete com a Fli no sábado e por ter ido buscar a Klô no aeroporto domingo à noite.

Girls, eu só quis dizer (Cirilo style) que a companhia de vocês é sempre MUITO bem-vinda. Das froquete tudo (Suburbia style).



colado por Rach - 2:26 AM



Monday, November 8

- hoje tem flash mob do flocgel no show do libertines?

- tem, sim, senhor!


(e domingo que vem no show do nada surf?)









colado por Miss Celânea - 1:33 PM




Sabe quando você vai numa discoteca ou similar, e volta para casa com o cabelo fedendo muito a cigarro?
Pois é, eu sempre tive um problema sério com isso. Não só pelo tamanho do meu cabelo, como também pela capacidade incrível que ele tem de absorver odores (o que é ótimo quando você sai linda e perfumada do banho, e péssimo quando volta da night).
Toda vez que eu volto de uma festa, é tiro e queda: 2, 3, 4 lavagens com shampoo, e quando eu saio do banho crente que tá tudo limpinho, é só começar a pentear para descobrir que sobraram resíduos NADA cheirosos que terão que ficar lá até a próxima lavagem.
Aí, tava eu lá, sem a menor pressa para sair do banho, tirando a porcaria do cheiro de cigarro do cabelo, quando eu tive uma idéia magnífica, genial para economizar no shampoo e fazer uma lavagem super eficiente. Não tive dúvidas: Joguei o cabelo para a frente e lavei ele de cabeça para baixo, crente que tava abafando porque ia lavar diretamente nas partes mais difíceis.
E quando eu virei ao contrário para passar o shampoo em cima e enxagüar, eu "percebi" o por quê de nunca ter tido essa idéia: Meu lindo cabelo liso e comprido, e também super, digamos, "embaraçável" ficou simplemente IGUAL ao do Bob Marley. De uma forma inimaginável, cheio de nós e dreads.
E isso definitivamente NÃO É um exagero. Eu levei uns 20 minutos tentando desembaraçar tudo no chuveiro com o condicionador e a escova, e a cada tentativa eu me sentia mais jamaicana, com uma sensação horrorosa de que meu cabelo jamais seria o mesmo de novo.

Vai ser burra assim lá na casa do caramba.



colado por Miriam - 3:41 AM



Sunday, November 7

Mais um da minha campanha publicitária (este, baseado em fatos reais)

Joakina – universitária, porte atlético, pernas bem definidas. Cabelos compridos e bem lisos, presos em um rabo de cavalo. Bonita.

Outras jogadoras – mesmo perfil

Alberto – universitário, corpo flácido (porém, sem ser gordo). Pele e cabelo oleosos. Aspecto sujo.

Amiguinhos do Alberto (4) – mesmo perfil

Locação – quadra de futebol de um ginásio coberto.

Dois times femininos jogam futebol. Podem ser vistos em um canto perto da quadra, bolsas, pastas, mochilas e livros (indicando que elas acabaram de sair da aula).
As meninas jogam bem.

Chega o grupo de Alberto. Cinco universitários. Feios. Nem um pouco interessantes.

Alberto se aproxima da quadra e grita autoritário para as jogadoras: Cabô! Cabô! Todo mundo saindo.
Joakina olha para um relógio que marca 12:50.
Joakina, grita ainda prestando atenção no jogo : Cabô nada. Ainda faltam 10 minutos. O campo é nosso até uma.
Alberto gritando para Joakina: Ei, garota, quanto você calça, hein?
Joakina não responde.
Alberto: Não tá ouvindo não? Quanto você calça?
Joakina continua concentrada no jogo. As outras jogadoras se entreolham enfurecidas.
Alberto gritando: Deve ser 42 e dois.
Alberto e os amigos riem.
Joakina faz um sinal obsceno para Alberto e continua jogando.
Alberto: Dizae, qual é o tamanho desse pezinho. Oops, desse pezão.

Joakina sai calmamente da quadra. O jogo pára e suas companheiras olham para ela sem entender direito a situação. Ela se aproxima de Alberto, olhando-o nos olhos, mas com uma expressão tranqüila. Quando está a uma distância de 50 cm de Alberto, dá um chute (estilo arte marcial) extremamente rápido, forte e certeiro em sua cara. Alberto se desequilibra e quase cai com a pancada. Segura o nariz com as mãos. Seu nariz sangra. Ele e os amigos têm uma expressão que é uma mistura de horror a imbecilidade.

Joakina olhando para Alberto: O importante não é o tamanho, mas sim o prazer que ele proporciona.

Joakina volta para a quadra, pega a bola que estava em um canto, a arremessa e o jogo continua normalmente.

Voz da locutora em off: Ob. Para aqueles dias em que você não está podendo.







colado por Fli - 2:58 PM



Thursday, November 4

Há tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo na minha vida e no mundo que eu não consigo sentar para sistematizar minhas idéias num post coerente.

Como ignorar a vitória do imbecil do Bush? E a tiara no meio da testa que a Angélica escolheu pra casar?




colado por Rach - 1:00 AM



Tuesday, November 2

E finalmente, um teste com bases científicas para me dizer o que todo mundo já sabia, e inclusive, já avisou:

Meu cérebro é masculino.

Eu estava lendo aquele livro " Por Que os Homens Fazem Sexo, e as Mulheres Fazem Amor", e cheguei ao bendito teste.
E eu tô lá, bem enquadradinha na penúltima escala do cérebro masculino antes da zona de interseção entre ele e o feminino, local este aliás, habitado pelo cérebro do meu namorado (Agora conta a novidade, né, Miriam?).

Segundo o livro, quem está na interseção, como ele, tem maiores chances de se adaptar aos diversos problemas. E mulheres masculinas tem maiores chances de assumir altos cargos profissionais na vida.

Se o teste é verdadeiramente bom eu não sei.
Mas é baseado em resultados de pesquisas sobre a influência do recebimento de testosterona pelo feto durante as 4 primeiras semanas de gravidez.

O fato é que eu assisto aos jogos do Mengão, mato todo e qualquer inseto e detesto frescura. E o Rafa gosta é de programa de fofoca, detesta aracnídeos e é meio chato pra comer.

Mas é notório que eu, em todos os tempos, salvo raríssimas exceções, sempre fui o lado mais "macho" das relações. Como diria um grande amigo meu, eu sou "bruta".
Acho um saco ficar no salão de beleza, não ligo se estou descabelada, com as unhas por fazer ou com a depilação das pernas vencida. Detesto saltos, sou adepta de tênis velho e sujo e das calças jeans confortáveis. Detestava as aulas de Ballet, mas me encontrei no Jiu-jitsu e no Ninjutsu.
Claro que há um grande quê de mulher em mim (afinal, apesar do teste, sou uma) e sempre acabo deixando tudo em ordem. Mas isso pode ser explicado também por puro senso de higiene e ridículo (afinal, uma menina magrinha, branquinha e pequeniniha não pode andar por aí parecendo um chimpanzé, mesmo que a vaidade não esquente a minha cabeça).

E só para não encerrar sem perder o hábito, já que a Jô me disse outro dia que eu faço questão de falar isso toda vez que se aborda o assunto: Meu cérebro é masculino. E gay. Porque ô cerebrozinho pra gostar de homem! E só.



colado por Miriam - 4:42 PM



.
Flocgel
Sexto Aniversário! 09/06/2008
Rach
Rach

Lija
Lija

Karla
Karla

Joaka
Joaka

Hay
Hay

Guega
Guega

Cinha
Cinha


Biba

Fli
Fli

Miriam
Miriam


Mais Floc



Mais Rach:
Vida de Sitcom
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Guega:
Praça Púbica
Amistad
Fotolog

Mais Joaka:
Der Mond
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Hay:
Pérolas ao Pai
Fotolog

Mais Biba:
Pérolas ao Pai
Fotolog

Mais Cinha:
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Lija:
Cinco Coisas
Fotolog
Flickr


Links

Teoria Pedestáltica
Andy Warhol
Revista Bala
Infância 80
Isabel Vasconcellos
Jornal do Commércio
Jornal de Poesia
London Burning
MixBrasil
Mood
Naturally Curly
no mínimo
Orisinal
Peanuts
Portal X
Roy Lichtenstein
Sombrero Noturno
Turma da Mônica
Yabu Media


Sons

Arcade Fire
Arctic Monkeys
Art Brut
Autoramas
The Beatles
Belle & Sebastian
Bidê ou Balde
Bloc Party
Blur
Boy Kill Boy
Cabaret
The Cardigans
Charme Chulo
Chico Buarque
Clap Your Hands Say Yeah
The Cranberries
The Cure
Dave Matthews Band
Death Cab for Cutie
Ecos Falsos
Editors
Franz Ferdinand
Garbage
Green Day
Hard-Fi
Hereges
Hole
Hot Chip
Hot Hot Heat
I'm From Barcelona
Interpol
Janis Joplin
Kaiser Chiefs
The Killers
The Kooks
Le Tigre
Los Hermanos
Ludov
Madonna
The Magic Numbers
Maxïmo Park
Monobloco
Netunos
OK Go
Paralamas
Pato Fu
Pedro Luís e a Parede
The Pipettes
Pipodélica
Pixies
Placebo
The Poliphonic Spree
Queens of the Stone Age
Radio 4
Radiohead
The Raconteurs
The Rakes
The Raveonettes
Rita Lee
REM
Sheryl Crow
She Wants Revenge
The Shins
Smiths
The Strokes
Tom Jobim
Violent Femmes
Wilco
We Are Scientists
Weezer
White Rose Movement
The White Stripes
Wonkavison
Yeah Yeah Yeahs

Blogs

Uma Dama não Comenta
Vida +ou-
Lumos
Lounge
Ai Minha Santa Aquerupita
Lixomania
O Diário de Byron Parker
Robs Piano Bar
Mexerica
Como faz?
Te dou um dado?
Post Secret
Tudo está rodando
Meme de Carbono

arquivos

June 2002
July 2002
August 2002
September 2002
October 2002
November 2002
December 2002
January 2003
February 2003
March 2003
April 2003
May 2003
June 2003
July 2003
August 2003
September 2003
October 2003
November 2003
December 2003
January 2004
February 2004
March 2004
April 2004
May 2004
June 2004
July 2004
August 2004
September 2004
October 2004
November 2004
December 2004
January 2005
February 2005
March 2005
April 2005
May 2005
June 2005
July 2005
August 2005
September 2005
October 2005
November 2005
December 2005
January 2006
February 2006
March 2006
April 2006
May 2006
June 2006
July 2006
August 2006
September 2006
October 2006
November 2006
December 2006
January 2007
February 2007
March 2007
April 2007
May 2007
June 2007
July 2007
August 2007
September 2007
October 2007
November 2007
December 2007
January 2008
February 2008
March 2008
April 2008
May 2008
June 2008
July 2008
August 2008
September 2008
October 2008
November 2008
December 2008
January 2009
March 2009
May 2009
June 2009
December 2009
January 2010

 

Campanhas

Dos males o menor

O que está por baixo também conta

Mulher monga, não!

Afins

Blogs Hermanos
[ <|>|?|#]


View My Guestbook
Sign My Guestbook

Powered by Blogger