Wednesday, June 29

Todo dia ela faz tudo sempre igual...

Acorda e desliga o despertador. Volta a dormir. Acorda de novo. Puta da vida, pq é uma asna inútil mal-agradecida.
Toma café da manhã. Pensa com pesar na hora em que vai almoçar. Toma banho. Liga o som e coloca algum cd (pixies, clash, weezer). Dança alucinadamente e imagina que se sua chefe a visse dançando daquele jeito, nunca a teria contratado. Pensa se vai levar elástico de cabelo ou se vai se obrigar a deixar o cabelo solto.

AAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH, ela precisa de respostas. Ela literalmente precisa de respostas. Respostas cuidadosas para as perguntas que ela fez. Porque as respostas são apenas o começo. Depois das respostas vem o questionamento, o confronto. E depois, se tudo der certo, alguma conclusão. Mas antes ela precisa das respostas.

Pega sua bolsa e vai. Não sabe com que forças. Mas ela vai.



colado por Fli - 9:54 PM




Lembram que eu falei da Verve aqui?

Sai que agora eu sou assistente de produção e estilo da marca.



colado por Rach - 2:48 PM



Tuesday, June 28

Neste final de semana que passou eu aprendi duas lições.
A primeira eu aprendi quando acordei no sábado com uma dor de cabeça filha da puta, digna de ressaca, sem ter bebido UMA gota de alcool na sexta.
Logo, eu vou passar a encher a cara, pelo menos eu fico de ressaca merecida.

A outra, na verdade, eu sempre digo que aprendo, mas eu nunca consigo fazer o dever de casa direitinho e acabo errando na prova de novo. Eu quero ser uma pessoa muito escrota. Eu quero ser uma grande filha da puta, pra quando neguinho for falso e filho da puta comigo, ter pelo menos a desculpa "ah, a Cinha é uma escrota, ela merece".
Na boa? Eu sou pureza, não mereço.



colado por Marcia Soares - 11:56 PM




Domingo teve a 10a Parada do Orgulho GLBT no Rio de Janeiro. Com presença de floquetes, evidentemente.

A minha mãe em momento ALGUM interfere na minha vida no sentido de saber EXATAMENTE pra onde estou indo. Também não faz NENHUMA pergunta de cunho sexual.Ela parece não saber do que eu sou capaz e do que eu não sou capaz de fazer.
Obviamente ela SABIA que eu ia à Parada. Digo com total certeza por dois motivos: porque eu disse que ia pra Copacabana e porque ela vê Domingo Legal, Faustão e Fantástico. Se ela não sabe que eu fui pra lá, ela já pode fazer figuração passeando no calçadão com o Jatobá na novela das oito.

Cheguei em casa e ela não fez NENHUMA pergunta. Pra saber como funciona a coisa ou qualquer outra dúvida. No dia seguinte de manhã, ela solta a seguinte pergunta, muito séria:"-Marcia, você ficou de calcinha na praia?"
Ok, a minha calcinha estava cheia de areia, mas eu apenas sentei na areia, a calça era larga e, claro, entrou areia *ui*.

Assim, eu não tenho moral nem com a minha mãe mais.



colado por Marcia Soares - 10:08 PM




em nome das mulheres desse brasil varonil...

... deixo aqui a minha (a sua, a nossa) indignação:

ninguém merece cistite!!!!!!!!



colado por joakina - 7:43 PM



Monday, June 27

Hoje no sem censura uma ginecologista disse q existem 4 tipos de tpm:

1. TPM – Tipo A (ansiedade)
Apresenta como sintoma predominante a ansiedade, acompanhada de tensão nervosa, alteração do humor e uma sensação indefinida de que não conseguirá realizar aquilo que deseja ou que se propôs a fazer.
A adolescente com SPM do tipo A briga, grita, explode em crises intempestivas, atropela seu próprio ritmo e mostra constante mau humor neste período.

2. SPM – Tipo C (carbohidrato – comer)
Predomina o aumento do apetite em torno de 10 dias antes da menstruação. A jovem apresenta uma necessidade incontrolável de ingerir alimentos que contenham carboidratos ou açúcares. Em especial o chocolate, principalmente se estiver sob estresse.
Pouco tempo depois de ter comido esses alimentos, apresenta sensação de fraqueza, fadiga e/ou acentuada dor de cabeça.
Caso não coma doce ou chocolate pode referir enxaqueca, tontura, irritabilidade, fraqueza e até desmaio.
O desejo de comer doce, mais especificamente chocolate, no período pré-menstrual, ocorre devido a alterações nos níveis hormonais. A diminuição de uma substância chamada serotonina aumenta a sensação de tristeza e abatimento, tornando a menina mais irritada e deprimida.
Esse desejo não ocorre apenas pela textura, aroma, ou sabor do chocolate, mas pelo fato de que existe em sua composição um aminoácido denominado triptofano, responsável pela produção de serotonina no cérebro, cujo efeito é relaxante. Em particular, na fase que antecede a menstruação os ingredientes do chocolate, oferecem uma sensação de bem estar.

3. SPM – Tipo D (depressão)
Apresenta como sentimento predominante uma grande tristeza, traduzida como depressão. Demonstra retraimento, crises de choro sem motivo aparente com alterações de humor e comportamento.
Mostra-se esquecida, confusa, isola-se e geralmente recusa-se a conversar.

4. SPM – Tipo H (hídrico – retém água)
Os sintomas físicos são os de maior relevância nesse quadro.
A adolescente apresenta inchaço no rosto, mãos e pés, acompanhado de intensa sensibilidade nas mamas.
Vivencia a sensação de aumento de peso, do volume abdominal, diminuição da diurese, dor de cabeça constante e um cansaço físico muitas vezes inexplicável.


Pois é, crianças, eu tenho os 4 tipos!! Nem sempre todos de uma vez só, mas tenho.



colado por Hayuka - 4:25 PM



Saturday, June 25

diga-me o que pensar

estava eu indo ao supermercado com minha nova forma de bolo com um furo no meio. a única coisa que eu pensava era que o meu namorado ia adorar um bolinho feito na hora.

no caminho para o supermercado havia um motel. havia um motel no caminho para o supermercado.

um motel maneiro. ou pelo menos parece. tem até um segurança todo bem vestido na porta. terno e gravata. coisa fina.

ouvi o barulho da porta da saída levantando. é mais do claro que eu não ia resistir e dar uma olhadinha dentro do carro, imaginando flagrar um casalzinho saindo do motel no meio da tarde de sábado.

o carro é um gol azul. normal.

o problema é o que estava dentro: dois rapazes de uns 25 anos nos bancos de motorista e passageiro.

até aí ainda tava tudo bem. o problema foi depois...

no banco de trás havia um senhor de mais ou menos uns 50 anos. de roupão branco.

enquanto eu esperava que eles adentrassen a rua para que eu pudesse prosseguir naquela calçada, vi uma cena ainda mais estranha: o motorista buzinou pro segurança e mandou um "joinha" pra ele.

sabe o que foi pior? o velho ainda tava com o roupão meio aberto. tipo, com a pança pra fora.



wtf???



.



colado por Miss Celânea - 7:40 PM



Thursday, June 23

Tem horas nada vida em que tudo que eu preciso é emagrecer.

Paçoca sabor chocolate.

O texto do Manoel Carlos não se compara ao da Gloria Perez.

Os figurinos da Raíssa são escrotos pra caraleo.

A Mariana Ximenes deveria contracenar com a Camila Morgado.

Weezer é foda.

Preciso ler mais.

Geraldo Alckmin acha que o Brasil deve baixar os impostos. Dã. Dã-ã. Dã-ã-ãããããã.

Avisa pro dj que não é pq a música é desconhecida que ela é boa.

A Priscila Fantin é bonita pra cacete.

O Tom Cruise ficou (está? sempre foi?) maluco.

E por hoje é só



colado por Fli - 9:33 PM




Keep your distance

Heartbreaker

No, not again
oh, what a man
just who I thought that I wanted to have
Oh, don't do that
don't use that batt
hat's all it takes to make me falling flat
No, not again
a loser I am
I love you tonight
you are my knight
cure and assure and make me feel alright
tomorrow you'll find
I'm not around
but don't be uptight
'cause I loved you last night
Vacant and free
yeah, that is me
Just tell me how and I'll please you for free
tell me I'm good
I know I'm bad
Lies make me feel fine although it is sad
Oh, not again
not one more man


péssima fase. péssima. :/



colado por Hayuka - 12:56 AM



Tuesday, June 21

sem vergonha

vergonha alheia todo mundo sabe o que é, certo?

é quando você fica com vergonha pelos outros...

vergonha alheia e vergonha solidária são coisas diferentes: a vergonha solidária é quando o cidadão também se envergonha do papelão qual ele acabou de se prestar.

a vergonha alheia não. o infeliz nem mesmo percebeu o ridículo que ele acabou de passar ou de se submeter.

eu sofro de vergonha alheia e vergonha solidária. sofro mesmo. já falei sobre isso aqui.

mas tem gente que merece passar vergonha, sabe?
especialmente quando a pessoa faz uma coisa muito vergonhosa e você chega à conclusão que só poderia esperar isso mesmo.

quando eu trabalhava com tv cheguei a fazer vários programas imbecis, mas me envergonho de bem poucos deles. eram só bobos, não degradantes. sempre tive muito, mas muito medo de um dia acabar num programa que eu teria até vergonha de dizer que fazia parte.

sei lá... pense em todos os programas humilhantes que você já viu na tv...
trevas, não? pois é... isso me petrificava.

hoje, sempre que vejo algo muito ruim mesmo na tv, se tiver oportunidade, checo os créditos pra me certificar de que ninguém que eu conheça trabalhou naquilo.

é meio um hábito...

outro dia, eu tava no hotel em sp. lá pega multishow, que tem aqueles programetes eróticos medonhos. eu sempre achei que aquilo fosse comprado, vindo de outro país, mas as garotas tinham cara de revista brazil e não de hustler magazine.

um dia consegui pegar os créditos finais. sim, suspeita confirmada. era brasileiro.

enquanto as letras passavam rapidinho num canto da tela, do outro, tinha uma coitada com os peitos de fora, dançando em volta de um cavalo, só de calcinha amarela.

visão do inferno? pois sim...

consegui o que queria: achei o nome de uma ex-caléga de trabalho na “produção e figurino”.

a primeira reação foi o choque.

caraca. nunca pensei que pudesse realmente acontecer.

depois cheguei à outra conclusão: se de todas as pessoas com quem trabalhei, eu tivesse que escolher uma pra ser a mais provável de ter seu nome naqueles créditos, seria ela.

sem sombra de dúvida.

.



colado por Miss Celânea - 7:43 PM



Saturday, June 18

Meu namorado é uma pessoa mais feliz hoje porque eu trabalho numa loja de lingerie.



colado por Rach - 10:24 PM




Dor no "coração". Quando você acha que tá ficando bem, vem uma noite loser pra ficar na punheta mental, ter semi-pesadelos escrotos e acordar de bad. Por que, sabe?! POR QUÊ?

Alguém me dá um remedinho?



colado por Marcia Soares - 12:41 PM



Thursday, June 16

Ontem, no curso de filosofia da justiça grega que estou fazendo na EMERJ:

"... e a primeira imagem com associação ao nome da Justiça, pintada num vaso grego, demonstra que a deusa Justiça possuía o braço inteiramente TATUADO...".

Foda! A Justiça é do róque! :P



colado por Miriam - 12:40 PM



Wednesday, June 15



talk amongst yourselves.


.



colado por Miss Celânea - 8:37 PM



Tuesday, June 14

bizarre

Minha namo tem ciume d FERRARI 5 membros
ESTA COMUNIDADE É PARA TODOS QUE TEM UMA NAMORADA QUE TEM CIUME DA SUA FERRARI.!! DA FERRARI Q PASSA NA RUA.!! Q NÃO SUPORTA FERRARI.!!



faça-me o favor...

essa só perde pras comunidades dos caras que adoram tirar fotos sem camisa e juram que são heteros.


.



colado por Miss Celânea - 11:37 PM




Aí eu fui pegar a câmera pra tirar uma foto. Quando eu fui dar o click... "low batery". Tudo foi resolvido porque eu tinha novas pilhas carregadas. Eu pude trocar as pilhas e tirar a foto que eu queria, sem ficar nem um pouquinho triste.
Agora, se eu não tivesse pilhas para substituir, eu ia ficar muito triste porque não ia poder tirar a foto, já que as pilhas que eu tava usando me deixaram na mão, acabaram, se foram.
Enquanto eu não arrumasse pilhas novas, eu não ia ficar feliz, ia faltar algo.

Eu acho que podemos aplicar isso. É só trocar "máquina" por vida e "pilhas" por pessoas. Sim, as pessoas são substutíveis.



colado por Marcia Soares - 9:04 PM




19:59
Cinha liga o computador e lamenta a falta de uma conexão banda larga em
um computador tão belo, novinho e sarado.
"Vamos pelo menos ouvir música boa." - pensa Cinha.
Winamp plays Móveis Coloniais de Acaju.
Cinha começa a analisar pela primeira vez os joguinhos toscos de seu
computador.
Começa a jogar Copas.
"Digite seu nome" - pede a caixinha.
Por um momento, Cinha pensou que pudesse haver pessoas dentro do
computador para manipular o jogo sem que ela soubesse. Como confiar
nessas pessoas?
Cinha escreve seu nome e o jogo começa com mais três "pessoas". Cinha
arrastar o mouse até o X no canto superior direito e a janela fecha,
afinal de contas, ela não pode jogar Copas e confiar em uma TÚLIA.



colado por Marcia Soares - 8:58 PM



Friday, June 10


a culpa foi minha

este é o primeiro de uma série de posts não muito divertidos.
o tempo que eu tenho passado sozinha tem me servido pra entender melhor algumas coisas que eu já fiz, assumir a culpa de algumas delas e me livrar de outras.



eu já devo ter escrito pelo menos uns dez posts aqui sobre o meu ex-namorado psycho.

ele era bem psycho mesmo. morria de ciúme de mim.

ele tinha ciúme de tudo. dos meus amigos, dos meus pais, dos amigos dele, das pessoas que trabalhavam comigo, das pessoas que passavam na rua.

ele começou a dar sinais de loucura logo no começo do namoro, quando deu um chilique por causa de um trabalho da faculdade. precisei passar uma manhã toda com o pessoal pra resolver um trabalho e quando voltei, foi a maior guerra.

depois disso começou a implicância generalizada. ele falava mal de todas as minhas amigas. dizia que elas se comportavam mal na frente de outros caras, que pareciam vagabundas (nesses termos!)...
e foi mal, mas uma coisa que eu não tenho é amiga com jeito de vagabunda. pode até ter alguma mais harcore nessas coisas, mas jeito de vagabunda é outra coisa, completamente diferente.

depois foram os caras do meu trabalho. ele começou a inventar que eles viviam comentando que eu era como as minhas amigas (aquelas que se comportavam com jeito de vagabunda). em seguida foram as garotas que trabalhavam comigo, mas não eram minhas amigas. ele falava coisas do mesmo estilo sobre elas e que eu devia me afastar delas, pedir pra mudar de área.
chegou a um ponto em que ele me proibiu de cumprimentar as pessoas com beijo no rosto e fazia de tudo pra que eu nunca encontrasse nenhuma das minhas amigas antigas (amigos, então, nem em sonho).

no dia em que nós nos conhecemos, passamos horas e horas falando sobre os lugares que freqüentávamos. eram os mesmos! uma coincidência incrível!

depois de algum tempo de namoro nós nunca saíamos de casa.

eu gosto de ir ao cinema pelo menos uma vez por semana.

em um ano nós fomos três vezes ao cinema. duas nos primeiros quinze dias e uma, uma vez que eu o mandei às favas, peguei a chave do meu carro e fui saindo sozinha e ele correu atrás.

até o meu icq ele desinstalou.

na nossa última conversa, no dia em que terminei o namoro, eu perguntei porque ele fazia isso comigo. e ele disse que eu nunca dei nenhum tipo de segurança pra ele. disse que sabia que eu gostava dele, mas que tinha um pedaço do meu coração que eu estava sonegando e que uma hora eu ia acabar dando esse pedaço pra alguém. ele achava que se me impedisse de estar com outras pessoas me impediria também de dar esse pedaço pra ninguém.

e a tática dele realmente funcionou durante todo o nosso namoro.

ele tinha razão. eu nunca dei segurança pra ele. ficava sempre achando que devia existir mais, que um dia eu sentir uma coisa bem mais completa por outra pessoa ou talvez por ele mesmo, mas que esse dia ainda não tinha chegado.

pensando bem, eu fiz isso com várias outras pessoas, mas nenhuma delas gostava tanto assim de mim. a ponto de fazer qualquer coisa pra me manter por perto.

sempre fico pensando como é que eu deixei essas coisas todas acontecerem. como eu aceitei viver desse jeito. às vezes me pergunto até porque eu não tinha ciúme dele.

acho que as duas respostas estão ligadas. eu o deixava fazer isso porque, mesmo não sendo plenamente, eu gostava muito dele. e acho que eu não tinha ciúme dele porque toda essa loucura era só o jeito dele de afirmar e reafirmar que eu era a coisa mais importante que existia pra ele. isso me deixava bem segura.

então, antes de achar que o seu namorado é um psycho, pense se você está fazendo a sua parte direitinho. amar demais é como uma doença e pode levar alguém a fazer esse tipo de loucura só de pensar em perdê-la.

acima de tudo, preserve a pessoa que você gosta. tente entender por que ele não está seguro. a gente sempre tem culpa no cartório, pelo menos uma parte...

se eu tivesse que fazer tudo de novo, eu não teria deixado a situação chegar aonde chegou, mas eu também não estaria ao lado de uma pessoa que não me desperta amor suficiente para que eu possa deixá-la segura do que seu sinto.


especialmente para a robs e a lila:

i wish i could live free
hope it's not beyond me
settling down takes time
one day we'll live together
and life will be better
i have it here, yeah, in my mind
baby, you know someday you'll slow
and baby, my hearts been breaking.

i gave a lot to you
i take a lot from you too
you slave a lot for me
guess you could say i gave you my edge

but i can't pretend i don't need to defend some part of me from you
i know i've spent some time lying

you're looking all right tonight
i think we should go





colado por Miss Celânea - 6:19 PM



Thursday, June 9

Hoje venho aqui, no papel de mais velha e mais nova floquete, anunciar os três anos de existência deste querido blog.

Como fui a última a entrar, ainda me custa a cair a ficha de que hoje faço parte desse grupo tão querido. O Floc sempre fez parte de minhas leituras diárias, e já me causou tanta admiração e divertimento que ainda hoje me pergunto o por quê de ter sido escolhida para aqui estar.

Mas o que queria mesmo dizer é:

PARABÉNS FLOCGEL, PARABÉNS FLOQUETES!!!

Obrigada por serem tão maravilhosas e por terem entrado em minha vida de forma tão gentil e inesperada.

E ainda:

PARABÉNS LEITORES, que sempre nos brindam com seus comentários e presenças constantes.
Tudo de bom para todos!!! E muitas felicidades e muitos anos de vida para o FLOC!



colado por Miriam - 6:05 PM



Wednesday, June 8

em tempo

karla lopez escreveu:

"só digo uma coisa:

meninos,

a miriam é a única floquete carioca solteira procura. se demorar, vai ficar sem....

floquete no mercado sabe como é...
"

meu chefe me aconselhou há um tempo atrás, dizendo q qdo se fica solteira vc deve ir espalhando, aos poucos, a sua nova condição, pq conforme a notícia vai se espalhando os interessados vão chegando. mas se nem minha amiga Klô se deu conta disso (pq eu sei q eu contei, a ficha dela é q não caiu!), vou chutar o balde e colocar a boca no trombone.

eu tb sou floquete, carioca e to solteiríssima. portanto, leitores, leitoras, animais vertebrados, verduras e minerais, TÔ NA ÁREA. aproveitem enquanto é tempo.



colado por joakina - 1:21 AM



Tuesday, June 7

status wanessa camargo


sabe quando você vê chegando aquela moda horrenda?

você não fica com medo de um dia se acostumar e acabar usando?

eu fico.

- saia com legging.
- polaina.
- calça de pára-quedista amarrada na canela e scarpin.
- boina.


não dá, né?

você sabe que no fim das contas, se coisa pegar mesmo, você vai se acostumar. e um dia pode até usar.

claro que tem uma ou outra coisa que a gente se recusa pro resto da vida, mas pára pra pensar em todas as coisas que você torceu o nariz e acabou usando depois...

são muitas, não são?


enfim...

pra essas coisas só tem um remédio:

status wanessa camargo

o status wanessa camargo te livra de usar qualquer coisa horrível.

ele funciona de maneira bem simples. quando uma coisa entra na moda e em algum tempo vai parar na wanesa camargo, você está livre! nunca mais você vai precisar usar, já que aquilo imediatamente elevado ao nível do lamentável no critério roupas/acessórios.

existe o lado ruim também. tem coisas que são até maneiras e de repente... vão parar na wanessa camargo e automaticamente se tornam itens de gosto duvidoso.

é uma pena. mas acontece.

só a melissa se livrou desse estigma. só que são décadas e décadas de estilo que não se joga fora só com uma bola fora de marketing.

aliás, sobre isso eu só tenho uma coisa a dizer: quanto mais eu vejo a evolução (o que acontece do lançamento até a maturidade do produto) dos novos modelos, mas tenho certeza de que melissa: ou a tradicional, ou nenhuma.

isso é assunto pra outro post... e pra este vou precisar da ajuda da rach, assumida amante das sandálias de plástico e seus modelos variantes, para o contraponto.

só pra terminar, não posso esquecer de dizer que o nome status wanessa camargo é ilustrativo. existem outras celebridades que também causam o mesmo efeito na moda, como sabrina sato, carla perez, sarah (mtv) ou até aquela menina que você conhece e representa tudo o que te dá asco nessa vida.

escolha a que preferir.


.



colado por Miss Celânea - 9:22 AM



Monday, June 6

Olá!
Eu sou a Cinha e tenho uma coisa a dizer:
Depois de um mês de estudo, é FATO que casamento é sinônimo de trelelê.
Um beijo.



colado por Marcia Soares - 10:24 PM




Pois é. Mais um ano chegando ao final de seu primeiro semestre, e apesar da fama de namoradeira que me afeta, já está se tornando rotina passar o dia 12 de junho sem a companhia de um namorado.
Da primeira vez que aconteceu, entrei em crise. Como assim, eu que sempre estava acompanhada e ganhando altas comemorações de presente estava ali, sozinha, solitária e abandonada? Deprê total.
Ano passado, aconteceu de novo. Fiquei chateadinha, mas o impacto não foi tão monstruoso porque exatamente neste dia, descolei um gatinho lindo, que viria a ser meu futuro namorado em poucas semanas. Foi ruim, mas não foi o fim do mundo, afinal, ele estava ali comigo, embora os pensamentos de "Porque ele não apareceu duas semanas antes?" tenham sido inevitáveis.
Este ano, as coisas mudam de figura. Estou notando que já não ligo mais, embora isso não seja uma verdade plena (claro que não é, estou até postando minha frustração aqui e agora- quer enganar quem, Miriam Cristiana?).

Tem gente que se revolta, prega atentados contra as propagandas românticas (que não nos deixa esquecer o quanto é bom amar, o quanto é chato estar sozinho, e se espalham por todos os canais de TV e outdoors da cidade, não nos dando a opção de esquecer a realidade) e exalta o caráter comercial da data para se justificar em sua solidão.
Tem gente que se sente feio, mal amado, com algum problema específico, ou ainda, que o mundo conspira contra sua vida. E gente que como eu, prefere enxergar a situação como uma maldição que a qualquer momento pode ser quebrada com o advento de um lindo príncipe encantado que está andando por aí em algum lugar só esperando para me encontrar (sim, eu sou uma romântica babaca, mesmo sabendo como alguns viram sapos horrorosos após os primeiros beijos).

Este ano, resolvi que ao invés de ir para festas de solteiros ou ficar deprê em casa, vou sair para jantar com um amigo também solteiro, também entristecido, e vou posar de namoradinha que está no japonês comendo um sushizinho básico com o companheiro, feliz e contente, em pleno dia dos namorados, disputando mesa com os casais apaixonados nas extensas filas de restaurantes.
Tá, é uma babaquice, é uma bobageira. Mas eu vou fingir para mim mesma que sou felizinha e descolada. Fingir que apesar de tudo, eu sei me bastar com meus amigos e meus livros de Direito e sei brincar com as desgraças de minha própria existência, e que vai ser sensacional enganar a multidão que possa cruzar comigo neste dia, mesmo sabendo que não tenho que provar nada para ninguém. E que só por causa disso vou comemorar o dia dos namorados mais solteiro de toda a minha vida com um belo amigo ao lado ( não por recalque, imagina! Eu nem estou com dor de cotovelo por estar solteira, de novo neste dia! heheheheh.... :P). E se bobear ainda vou tirar onda de sortuda por estar com tão belo rapaz na mesa. E quem sabe, com um menino ao lado, eu não engano a própria vida, fazendo valer aquela máxima de que toda vez que a gente tá acompanhado, nego cai matando em cima.

E que esta bosta de maldição se quebre logo, e pelo menos, perdure até o ano que vem, para que meu projeto "Klô-Fábio-wannabe" (ai, como eu amo esse casal!!) seja pelo menos por um tempo, uma verdade novamente, e ano que vem, eu não perturbe ninguém com minhas loucuras quando a data amaldiçoada se aproximar. Fazer o quê...

Bom, um feliz dia dos namorados para todos aqueles que tem a sorte de ter um amor de verdade em suas vidas. A gente consegue se satisfazer com muitas outras coisas e viver sem alguém do lado sim. Mas ainda não inventaram nada mais bonito do que o amor sincero entre duas pessoas. E eu sinto falta disso.

Muito amor para todos!!!!!! :)



colado por Miriam - 7:23 PM




cabelo picadinho


não adianta chorar ou espernear. o cabelo picadinho é moda outra vez.

na espanha já está nas ruas, aqui ainda demora a chegar. mas preparem-se...

eu que fui adepta do franjão e só desisti dele em virtude do calor do rio de janeiro, vou passar.

há quem diga que o franjão é feio e eu acho lindo. mas o cabelo picadinho... é ruim, eu concordo.

se você é novinha demais para lembrar do cabelo picadinho, vou descrever mais ou menos como era:

sabe o visual chitãozinho & chororó?

pois então... é um cabelo bem muchinho, cortado como um cabelo curto na parte de cima, mas com um pedaço mais comprido embaixo.
chamo esse corte de cabelo picadinho porque parece que a pessoa prendeu só a parte de cima do cabelo, levantou e picotou tudo com a tesoura.

tem o modelo com franjão e o modelo com franjinha. todos são tristes.

fica ainda pior se a pessoa não tiver um cabelo muito muito muito liso. ao invés de fazer um estilo fernanda abreu e márcia bulcão na era blitz, você fica uma coisa mais tico-tico e beija-flor.

se tiver cabelo demais então fica um capacete. tipo mini-craques da coca-cola na copa.

como eu sempre digo, estamos a salvo dessa moda enquanto não tiver ninguém usando o corte em ma novela. o meu único medo é que vi a beth goulart com esse cabelo numa revista caras e ela está numa novela, não está?


resistam companheiras...


cabelo picadinho: de novo, não!


.



colado por Miss Celânea - 6:36 PM



Thursday, June 2

1, 59m e cara de 10 anos de idade.
Eu sou muito mulherinha (seria esse o oposto de mulherão?).

Mais um post "eu só quis dizer..."



colado por Hayuka - 12:31 PM



Wednesday, June 1


Feito por mim e pelo pessoal da minha ONG, com muito carinho.
Nossa ONG trabalha apenas com voluntários, e todos nós suamos muito para realizar nosso primeiro evento com patrocínio e apoio externo.
Quem puder aparecer, será muito bem vindo!
Como não tá dando para ler direito, a bicicleata irá começar às 8:30 da manhã deste domingo, no início do Leblon, e terminará no Monumento Estácio de Sá, no Aterro do Flamengo.
O metrô aceita ciclistas no domingo, e o objetivo é a comemoração do Dia Internacional do Meio Ambiente, assim como a conscientização das pessoas para a importância da preservação ambiental para toda a população.
Quem quiser, pode ver a filipeta na íntegra aqui.Posted by Hello



colado por Miriam - 12:12 AM



.
Flocgel
Sexto Aniversário! 09/06/2008
Rach
Rach

Lija
Lija

Karla
Karla

Joaka
Joaka

Hay
Hay

Guega
Guega

Cinha
Cinha


Biba

Fli
Fli

Miriam
Miriam


Mais Floc



Mais Rach:
Vida de Sitcom
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Guega:
Praça Púbica
Amistad
Fotolog

Mais Joaka:
Der Mond
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Hay:
Pérolas ao Pai
Fotolog

Mais Biba:
Pérolas ao Pai
Fotolog

Mais Cinha:
Suburbia Tales
Fotolog

Mais Lija:
Cinco Coisas
Fotolog
Flickr


Links

Teoria Pedestáltica
Andy Warhol
Revista Bala
Infância 80
Isabel Vasconcellos
Jornal do Commércio
Jornal de Poesia
London Burning
MixBrasil
Mood
Naturally Curly
no mínimo
Orisinal
Peanuts
Portal X
Roy Lichtenstein
Sombrero Noturno
Turma da Mônica
Yabu Media


Sons

Arcade Fire
Arctic Monkeys
Art Brut
Autoramas
The Beatles
Belle & Sebastian
Bidê ou Balde
Bloc Party
Blur
Boy Kill Boy
Cabaret
The Cardigans
Charme Chulo
Chico Buarque
Clap Your Hands Say Yeah
The Cranberries
The Cure
Dave Matthews Band
Death Cab for Cutie
Ecos Falsos
Editors
Franz Ferdinand
Garbage
Green Day
Hard-Fi
Hereges
Hole
Hot Chip
Hot Hot Heat
I'm From Barcelona
Interpol
Janis Joplin
Kaiser Chiefs
The Killers
The Kooks
Le Tigre
Los Hermanos
Ludov
Madonna
The Magic Numbers
Maxïmo Park
Monobloco
Netunos
OK Go
Paralamas
Pato Fu
Pedro Luís e a Parede
The Pipettes
Pipodélica
Pixies
Placebo
The Poliphonic Spree
Queens of the Stone Age
Radio 4
Radiohead
The Raconteurs
The Rakes
The Raveonettes
Rita Lee
REM
Sheryl Crow
She Wants Revenge
The Shins
Smiths
The Strokes
Tom Jobim
Violent Femmes
Wilco
We Are Scientists
Weezer
White Rose Movement
The White Stripes
Wonkavison
Yeah Yeah Yeahs

Blogs

Uma Dama não Comenta
Vida +ou-
Lumos
Lounge
Ai Minha Santa Aquerupita
Lixomania
O Diário de Byron Parker
Robs Piano Bar
Mexerica
Como faz?
Te dou um dado?
Post Secret
Tudo está rodando
Meme de Carbono

arquivos

June 2002
July 2002
August 2002
September 2002
October 2002
November 2002
December 2002
January 2003
February 2003
March 2003
April 2003
May 2003
June 2003
July 2003
August 2003
September 2003
October 2003
November 2003
December 2003
January 2004
February 2004
March 2004
April 2004
May 2004
June 2004
July 2004
August 2004
September 2004
October 2004
November 2004
December 2004
January 2005
February 2005
March 2005
April 2005
May 2005
June 2005
July 2005
August 2005
September 2005
October 2005
November 2005
December 2005
January 2006
February 2006
March 2006
April 2006
May 2006
June 2006
July 2006
August 2006
September 2006
October 2006
November 2006
December 2006
January 2007
February 2007
March 2007
April 2007
May 2007
June 2007
July 2007
August 2007
September 2007
October 2007
November 2007
December 2007
January 2008
February 2008
March 2008
April 2008
May 2008
June 2008
July 2008
August 2008
September 2008
October 2008
November 2008
December 2008
January 2009
March 2009
May 2009
June 2009
December 2009
January 2010

 

Campanhas

Dos males o menor

O que está por baixo também conta

Mulher monga, não!

Afins

Blogs Hermanos
[ <|>|?|#]


View My Guestbook
Sign My Guestbook

Powered by Blogger